Dinâmicas territoriais no município de Terra Roxa-PR (1970-2007)

  • Ednilse Maria Willers
  • Lucir Reinaldo Alves
  • Edson Belo Clemente de Souza
Palavras-chave: Territorialização. Desterritorialização. Terra Roxa-PR.

Resumo

Este artigo analisa o fenômeno da desterritorialização ocorrida no município de Terra Roxa a partir dadécada de 1970, que contava então com 38.237 habitantes em 1970 e atualmente possui 16.291. O expressivoêxodo populacional ocorrido provocou impacto na economia do município, levando-a adentrar no século XXI semmuitas perspectivas de retomada de crescimento. Contudo, vislumbra-se uma nova realidade econômica a partirda implantação das indústrias têxteis de bordados, retomando o crescimento e a reterritorialização populacional.

Referências

BDE – Base de Dados do Estado do Paraná. BDEWeb. Disponível em: <http://www.ipardes.gov.br/imp/ index.php>. Acesso em: 1 jul. 2009.

CARLEIAL, Liana Maria da Frota. A questão regional no Brasil contemporâneo. In.: LAVINAS, Lena;

CARLEIAL, Liana Maria da Frota; NABUCO, Maria Regina (Orgs.). Reestruturação do espaço urbano e regional no Brasil. São Paulo: Hucitec, 1993.

CARLOS, Ana Fani A. Uma leitura sobre a cidade. Revista Cidades, v. 1, n. 1, 2004, p. 11-30.

DUPAS, Gilberto. A Lógica da economia global e a exclusão social. Estudos Avançados, 12 (34), p. 121-59. 1998.

HAESBAERT, Rogério. Des-territorialização e identidade: a rede gaúcha no Nordeste. Niterói, RJ: EdUFF, 1997.

HAESBAERT, Rogério da Costa. O mito da desterritorialização: do fim dos territórios à multiterritorialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.

IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censos Demográficos de 1970, 1980, 1991 e 2000. Disponível em <http://biblioteca.ibge.gov.br/>. Acesso em: 30 jun. 2009.

LEFEBVRE, Henri. La production de l’espace. Paris: Anthropos, 1974.

MARTINE, Jeorge; GARCIA, Ronaldo Coutinho (Org.) Os impactos sociais da modernização agrícola. São Paulo: Caetés, 1987.

PIERUCCINI; Mariângela Alice; TSCHÁ, Olga da C. P.; IWAKE, Shiguero. Criação dos municípios e processos emancipatórios In.: PERIS, Alfredo Fonseca (Org.). Estratégias de desenvolvimento regional: região oeste do Paraná, Cascavel: Edunioeste, 2003. PIFFER, Moacir. A dinâmica do oeste paranaense: sua inserção na economia regional. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Paraná,Curitiba:, 1997.

RAFFESTIN, Claude. Por uma geografia do poder. São Paulo: Ática, 1993.

RAIS – Relação Anual de Informações Sociais. Bases Estatísticas RAIS / CAGED - Acesso Online. Disponível em: <http://sgt.caged.gov.br/index.asp>. Acesso em: 1 jul. 2009.

RIPPEL, Ricardo. Relatório anual de pesquisa: migração e desenvolvimento no oeste do Paraná, uma análise de 1950 a 2000. Unioeste, Campus de Toledo, 2004

RODRIGUES, Arlete Moysés. Desafios para a (re)leitura do território. Boletim Gaúcho de Geografia, n. 20. Porto Alegre: dez. de 1995.

SANDRONI, Paulo. Novíssimo dicionário de economia. 12. ed. São Paulo: Best Seller, 2003.

SANTOS, Mílton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1996.

______. Técnica, espaço, tempo: globalização e meio técnico-científico internacional. São Paulo: Hucitec, 1994.

SAQUET, Marcos A. Abordagens e concepções do território. São Paulo: Expressão Popular, 2007.

SIEDENBERG, Dieter. R. (Coord.). Dicionário do desenvolvimento regional. Santa Cruz do Sul: Edunisc, 2006.

SOUZA, Marcelo J. Lopes. O território: sobre espaço, poder, autonomia e desenvolvimento. In:. CASTRO, Ina. E. de. et al. (Org.). Geografia conceitos e temas. Rio de Janeiro Bertrand Brasil, 1995, p. 77-106.

Publicado
2016-02-16