Sobre a Revista

Foco e Escopo

Interações – Revista Internacional de Desenvolvimento Local tem por objetivo  resgatar e divulgar informações sistematizadas e experiências construtivas em torno da ideia de Desenvolvimento Local. 

1 São políticas de Interações – Revista Internacional de Desenvolvimento Local:

a) Internacionalização: Alinhar as políticas de Interações – Revista Internacional de Desenvolvimento Local com a política de internacionalização da Universidade Católica Dom Bosco.   

b) Posicionamento: Reforçar o posicionamento estratégico no âmbito acadêmico tanto nacional quanto internacional.

c) Qualidade: melhorar e aumentar a qualidade das produções relativas ao Desenvolvimento Local em âmbito nacional e internacional

d) Transversalidade: promover a transversalidade entre as linhas de pesquisa do Programa de Desenvolvimento Local da Universidade Católica Dom Bosco.

2 É linha editorial de Interações – Revista Internacional de Desenvolvimento Local:

A publicação de artigos científicos, entrevistas, relatos de pesquisa de Stricto Sensu, resenhas e traduções que tenham como foco o Desenvolvimento Local, de acordo com as linhas de pesquisa do Programa de Desenvolvimento Local, que são:

1ª Cultura, Identidade e Diversidade na dinâmica territorial 

1 Dimensão cultural construída no contexto de relações existenciais dos indivíduos entre si e com território vivido, como referência de base na construção, manutenção e reconstrução dos territórios.

2 A interculturalidade, vista como capacidade de os agentes locais conviver com o "diferente" num processo relacional permanente e dinâmico de comunicação e negociação, inovador das práticas sociais de convivência na reinvenção constante do território.

Aspectos a serem levados em consideração para a elaboração dos artigos:

(1) Dimensão Cultural e Interculturalidade em Processos Inclusos e Justiça Social e Direitos Humanos em Desenvolvimento Local 

(2) Linguagem, Práticas Textuais e Gêneros Discursivos na Percepção, Construção e Reinvenção do Território

(3) Cultura, Religiosidade e Saberes Tradicionais, Relações Existenciais com o Território e Regeneração da Vida

(4) Patrimônio Cultural como Identidade Coletiva na Manutenção e Desenvolvimento do Território.

2ª Políticas Públicas e Dinâmicas de Inovação em Desenvolvimento Territorial.

Diz respeito à natureza e ao papel das dinâmicas socioprodutivas de aprendizagem coletiva, dinâmicas institucionais, dinâmicas de inovação e da formulação e implementação das políticas públicas, na construção de territórios mais autônomos e inteligentes.

Aspectos a serem levados em consideração na elaboração dos artigos:

(1) Políticas Públicas de Desenvolvimento Territorial

(2) Dinâmicas socioprodutivas e Ambientais

(3) Dinâmicas do Ambiente Institucional e de Governança Territorial

(4) Dinâmicas do Aprendizagem Coletiva Inovadoras

(5) Estratégias de Inovação no Território 

POLÍTICAS PARA PUBLICAÇÃO

1. Ineditismo: Os artigos devem ser inéditos, escritos prioritariamente em língua inglesa, podendo também ser enviados em português, francês ou espanhol, seguindo as normas de publicação da revista.

2. Enquadramento: Os artigos devem estar alinhados com as Linhas de pesquisa do Desenvolvimento Local e de acordo com os dossiês temáticos a partir de 2019.

3. Fluxo: O fluxo de recebimento de artigos para INTERAÇÕES – Revista Internacional de Desenvolvimento Local é contínuo.

  Processo de Avaliação pelos Pares

1. Os trabalhos recebidos serão inicialmente avaliados pelos editores-chefes e posteriormente enviados para os Editores associados e responsáveis pelos respectivos Dossiês Temáticos.

2. O Conselho Editorial, se necessário, submeterá os artigos a consultores ad hoc, para apreciação e parecer, em decorrência de especificidades das áreas de conhecimento.

3. A publicação de artigos é condicionada a parecer positivo, devidamente circunstanciado, emitido por membro do Conselho Editorial.

Política de Acesso Livre

Interações – Revista Internacional de Desenvolvimento Local oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Indexadores

SciELO, Scientific Electronic Library Online (www.scielo.br)

Latindex, Directorio de publicaciones cientificas seriadas de America Latina, El Caribe, España y Portugal (www.latindex.org)

GeoDados, Indexador de Geografia e Ciências Sociais. Universidade Estadual de Maringá (www.dge.uem.br/geodados)

Dursi, Sistema d’informació per a la identificació i avaluació de revistes, Catalunha (www.10.gencat.net/dursi/ca/re/aval_rec_sist_siar_economia_multidisciplinar.htm)

Clase, Base de datos bibliográfica en ciencias sociales y humanidades (www.dgb.unam.mx/clase.html)

IAIPK, Instituto Ibero Americano do Patrimônio Prussiano (http://www.iai.spk-berlin.de)

IBSS, International Bibliography of the Social Sciences, London (www.ibss.ac.uk)

EBSCO, Information Services, Massachussets (https://www.ebsco.com)

Google Acadêmico (https://scholar.google.com/citations?hl=en&btnA=1&user=VTqxVVEAAAAJ)

 

 

 

 

HISTÓRICO DA REVISTA 

O lançamento de Interações – Revista Internacional de Desenvolvimento Local, em setembro de 2000, constitui um marco comemorativo, na medida em que um novo patamar permitiu a inter-relação das atividades de pesquisas com a comunidade científica internacional e a comunidade de Mato Grosso do Sul.

Em seu volume 1, publicado em setembro de 2000, tendo como editor responsável o Professor Marcelo Marinho, Interações – Revista Internacional de Desenvolvimento Local surgiu com a relevante necessidade não só de resgatar e divulgar informações sistematizadas como também de disseminar experiências construtivas sobre o Desenvolvimento Local. De acordo com o editor responsável, apresentava de forma clara e precisa os objetivos principais da revista: subsidiar formas de comportamento social para a geração de desenvolvimento endógeno, respeitando a diversidade cultural e a gestão autônoma de recursos e técnicas caracterizadoras de territórios. Ao longo dos seus 14 anos, a revista teve também como editores o Professor Aparecido Francisco dos Reis, que foi editor-chefe no período de 2004 a 2006, passando então a responsabilidade para a Professora Maria Augusta de Castilho, que foi editora-chefe até a sua última publicação em janeiro de 2014.

De 2000 a 2019 INTERAÇÕES  publicou 346  artigos (mais de 35% internacionais), 11 práxis, cinco entrevistas , 01 Dossiê, 177  resumos de dissertações do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Local - Mestrado Acadêmico defendidas entre 2002 e 2014.

Institucionalidade do periódicoInterações – Revista Internacional de Desenvolvimento Local é uma revista criada pelo Programa de Doutorado e Mestrado em Desenvolvimento Local da Universidade Católica Dom Bosco – MS – Brasil e está hierarquicamente ligada à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Desde a publicação da primeira edição, em setembro de 2000, a Revista objetivou fornecer subsídios para a adoção de novas formas locais de comportamento social, formas eficazes para a geração de desenvolvimento endógeno, segundo meios, regras e estratégias próprias, respeitando a diversidade cultural e a gestão autônoma de recursos e técnicas característicos dos territórios. Tornou-se também um imperativo frente ao Programa de Mestrado e Doutorado  em Desenvolvimento Local de consolidação de publicações que pudessem contribuir não só para a formação de pesquisadores e consequentemente para o desenvolvimento científico, mas também para a constante atualização de conhecimentos na área de Desenvolvimento Local. Pretende-se, assim, sugerir o caráter de diversidade presente em noções de natureza amplamente compartilhadas na esfera global.

Também a fotografia da capa explicita uma das maiores preocupações dos pesquisadores da área de conhecimento em questão: o desenvolvimento em escala humana, ou o homem colocado no centro do processo de desenvolvimento.

Em seu Vol. 1, de janeiro de 2008, Interações – Revista Internacional de Desenvolvimento Local, já teve a sua indexação na SciELO - Brasil. Em julho/2015 a revista deixou de ser impressa, sendo disponibilizada eletronicamente por meio de um portal atualizado e disponível em: www.interacoes.ucdb.br.

A partir do Vol. 17, nº 1, de jan./mar. 2016, as edições da Revista trouxeram, além do aperfeiçoamento editorial, a publicação e a interoperabilidade de acordo com a linguagem XML, atendendo às normas da SciELO, assim como algumas novidades importantes ao leitor, dentre elas:  publicação  trimestral e o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Local da Universidade Católica Dom Bosco passou a ser denominado Doutorado e Mestrado acadêmico.