Políticas públicas para o desenvolvimento do turismo cultural na Praça XV de Novembro – Rio de Janeiro, RJ

  • Leticia Lima do Nascimento
  • Fábia Trentin
Palavras-chave: Patrimônio cultural. Políticas públicas. Turismo.

Resumo

Avaliar, por meio de indicadores de desenvolvimento sustentável, as políticas públicas relacionadas aopatrimônio cultural da Praça XV de Novembro, na cidade do Rio de Janeiro, que infl uenciam o turismo culturalna área. O artigo está estruturado a partir da discussão teórica sobre a construção da relação turismo e patrimôniocultural e a análise dos planos de governo do setor Cultural e do Turismo, do Brasil e do Rio de Janeiro.

Referências

ALFONSO, María J. P. El patrimônio turístico como opcíon turística. Horizontes Antropológicos [online], v. 9, n. 20, p. 97-115, 2003. Disponível em: . Acesso em: 31 mar. 2009.

BARRETO, Margarita. Turismo e legado cultural. São Paulo: Papirus, 2006.

BELLEN, Hans Michael Van. Indicadores de sustentabilidade: uma análise comparativa. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2007.

BRASIL. Ministério da Cultura. Plano Nacional de Cultura: diretrizes gerais. Disponível em: . Acesso em: 17 fev. 2009a.

______. Ministério do Turismo. Plano Nacional de Turismo 2007/2010: uma viagem de inclusão. Disponível em: <http://institucional.turismo.gov.br/regionalizacao/ arqreg/doc_download/plano_nacional_turismo_2007_ 2010.pdf>. Acesso em: 17 fev. 2009b.

______. Ministério do Turismo. Turismo cultural: orientações básicas. Brasília: MTur, 2008. Disponível em: <http://institucional.turismo.gov.br/regionalizacao/ arqreg/doc_download/cultural.pdf>. Acesso em: 17 fev. 2009.

______. Ministério do Turismo. Módulo operacional 9: sistema de monitoria e avaliação do programa. Brasília, 2007. Disponível em: <http://institucional.turismo.gov. br/regionalizacao/arqreg/doc_download/ modulo_ operacional_9_sistema_de_monitoria_e_avaliacao_ do_programa.pdf>. Acesso em: 22 maio 2009.

______. Ministério do Turismo. Manual do pesquisador: módulo C. Brasília, MTur, 2006. Disponível em: <http://institucional.turismo.gov.br/regionalizacao/ arqreg/doc_download/manual_c.pdf>. Acesso em: 22 maio 2009.

______. Ministério do Turismo. Plano Nacional de Turismo: diretrizes, metas e programas 2003-2007. Brasília: MTur, 2003. Disponível em: . Acesso em: 17 fev. 2009.

BUCCI, Maria Paula Dallari. Políticas públicas e direito administrativo. Revista de Informação Legislativa, Brasília, ano 34, n. 133 jan./mar. 1997.

CHOAY, Françoise. Alegoria do patrimônio. Tradução de Luciano Vieira Machado. São Paulo: Editora UNESP, 2001.

CRUZ, Rita de Cássia A. da; SANSOLO, Davis Gruber. Plano Nacional de Turismo: uma análise crítica. Caderno Virtual de Turismo, v. 3, n. 4, 2003. Disponível em: <http://www.ivt.coppe.ufrj.br/caderno/ojs/ viewarticle.php?id=41&layout=abstract>. Acesso em: 16 mar. 2009.

ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento Econômico e Turismo. Plano Diretor de Turismo do Estado do Rio de Janeiro. 2001.

FUNARI, Pedro P.; PINSKY, Jaime (Orgs.). Turismo e patrimônio cultural. São Paulo: Contexto, 2003.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Indicadores de desenvolvimento sustentável: Brasil 2008. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/ estatistica/populacao/indic_culturais/2005/indic_culturais2005. pdf>. Acesso em: 11 mar. 2009.

ICOMOS. Declaração do México. Conferência Mundial sobre as Políticas Culturais, México, 1985. Disponível em: <http://portal.iphan.gov.br/portal/baixaFcdAnexo. do?id=255>. Acesso em: 24 maio 2009.

MARCELLINO, Nelson Carvalho. Estudos do lazer: uma introdução. Campinas: Autores Associados, 2002.

MARCONI, Marina A.; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1999.

MONTEJANO, Jordi Montaner. Estrutura do mercado turístico. Tradução de Andréa Favano. São Paulo: Roca, 2001.

OMT. Indicadores de desarrollo sostenible para los destinos turísticos: guía práctica. Madrid: OMT, 2005.

______. Introdução ao turismo. São Paulo: Roca, 2001. PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO. Secretaria Especial de Turismo. Plano de Turismo Cidade Maravilhosa. Rio de Janeiro, 2007.

______. Secretaria Especial de Turismo. Plano Maravilha: síntese do relatório fi nal. Rio de Janeiro, 1997.

SALGUEIRO, Valéria. Grand Tour: uma contribuição à história do viajar por prazer e por amor à cultura. Revista Brasileira de História [online], v. 22, n. 44, p. 289-310,

Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbh/ v22n44/14001.pdf>. Acesso em: 6 abr. 2009.

TALAVERA, Agustín S. Turismo cultural, culturas turísticas. Horizontes Antropológicos [online], v. 9, n. 20, p. 31-57, 2003. Disponível em: <http://www.scielo. br/pdf/ha/v9n20/v9n20a02.pdf>. Acesso em: 31 mar. 2009.

UNESCO. Recomendação Paris. CONFERÊNCIA GERAL DA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA, 32. Paris, 2003. Disponível em: <http://portal.iphan. gov.br/portal/baixaFcdAnexo.do?id=271>. Acesso em: 24 maio 2009.

______. Recomendação Paris. ONFERÊNCIA GERAL DA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA, 13. Paris 1964. Disponível em: <http://portal.iphan.gov.br/ portal/baixaFcdAnexo.do?id=273>. Acesso em: 24 maio 2009.

Publicado
2016-02-12