Segurança alimentar, saúde, educação e lazer como fatores de base para desenvolvimento rural de um assentamento do Mato Grosso

  • Elizabete Maria da Silva Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS
  • Marney Pascoli Cereda Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS
Palavras-chave: Reforma agrária. Desenvolvimento sustentável. Qualidade de vida.

Resumo

Esta pesquisa investigou quatro fatores ligados à insustentabilidade social no meio rural, segurança alimentar, saúde, educação e lazer. O local estudado foi o assentamento Padre Josimo Tavares, São José do Povo, MT. Os resultados mostraram que a segurança alimentar foi considerada favorável, embora tenda a piorar com o aumento de idade dos entrevistados. Os demais fatores mostraram-se mais frágeis, levando a considerar que não havia condições propícias para Desenvolvimento Sustentável na época analisada.

Referências

ABRAMOVAY, R. Agricultura familiar e desenvolvimento territorial. Reforma Agrária - Revista da Associação Brasileira de Reforma Agrária, Campinas, SP, v. 28 n. 1, 2 e 3, jan./dez. 1998; v. 29, n. 1, jan./ago. 1999. Disponível em: <http://www.econ.fea.usp.br/abramovay/artigos_cientificos/1999/Agricultura_familiar.pdf>.

______. Integrar sociedade e natureza na luta contra a fome no século XXI. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 24, n. 11, nov. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008001100026&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 13 ago. 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2008001100026.

ASSOCIAÇÃO MUNDIAL DE RECREAÇÃO E LAZER - WLRA. Carta internacional de educação para o lazer. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA WORLD LEISUREAND RECREATION ASSOCIATION DE EDUCAÇÃO PARA O LAZER, Jerusalém. Proceedings... Jerusalém, 2002. Disponível em: <http://www.saudeemmovimento.com.br/conteudos/conteudo_exibe1.asp?cod_noticia=195>.

ÁVILA, V. F. Cultura, Desenvolvimento Local, solidariedade e educação. Conferência ministrada em 27/11/03. Campo Grande, MS, 2003, p. 35-36. Disponível em: <http://www.ucdb.br/coloquio/arquivos/Fideles.pdf>.

______. Pressupostos para a formação educacional em Desenvolvimento Local. Interações, Revista Internacional de Desenvolvimento Local, Campo Grande, MS, v. 1, n. 1, p. 63-76, set. 2000.

BERGAMASCO, S. M. P. P. A realidade dos assentamentos rurais por detrás dos números. Estudos Avançados, São Paulo, v. 11, n. 31, p. 37-49, 1997.

BEUREN, I. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2003.

BUSS, P. M. Health promotion and quality of life. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 5, n. 1, p. 7-18, 2000.

CAMARANO, Ana Amélia; ABRAMOVAY, Ricardo. Êxodo rural, envelhecimento e masculinização no Brasil: panorama dos últimos 50 anos. Rio de Janeiro, janeiro de 1999. Diretoria de Pesquisa do IPEA. Departamento de Economia e Procam/USP. Disponível em: <http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/td_0621.pdf>. Acesso em: 23 set. 2009.

CEREDA, M. P.; VILPOUX, O. F.; SILVA, E. M. Migrações, posse da terra e segurança alimentar: estudo de caso do povoamento do Município de São José do Povo, Mato Grosso, Brasil. Portuguese Studies Review, v. 17, p. 30-60, 2012.

DAVID, M. B. de A.; WANIEZ, P.; BRUSTLEIN, V. Atlas dos beneficiários da reforma agrária. Estudos Avançados, São Paulo, v. 11, n. 31, p. 51-68, set./dez. 1997. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-40141997000300004&script=sci_arttext&tlng=ES>.

DIAMOND, J. Colapso: como as sociedades escolhem o fracasso ou o sucesso. São Paulo: Record, 2005. 685p.

FIGUEIREDO NETO, Leonardo F. Determinantes da participação no mercado de trabalho e dos rendimentos e retornos aos investimentos em Capital Humano. Análise Econômica, Porto Alegre, ano 16, n. 29, p. 67-86, mar. 1998.

FURTADO, E.; SIMÃO, R.; LEMOS, A. Análise do consumo de oxigênio, freqüência cardíaca e dispêndio energético, durante as aulas de Jump Fit. Rev. Bras. Med. Esporte, Niterói, RJ, v. 10, n. 5, p. 371-375, set./out. 2004.

GOETTERT, J. D. O espaço e o vento: olhares da migração gaúcha para Mato Grosso de quem partiu e de quem ficou. 2004. 466p. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, SP, 2004.

JARA, C. J. A sustentabilidade do Desenvolvimento Local. Brasília: Instituto interamericano de cooperação para a agricultura (IICA); Recife: Secretária do planejamento do Estado do Pernambuco-Seplan, 1998. 316p.

MARCELINO, N. C. Estudo do lazer: uma introdução. 4. ed. Campinas: Autores Associados, 2000. 100p.

MELLO, P. F. Coesão social e evasão em assentamentos rurais no extremo-sul do Brasil. Cad. CRH, Salvador, BA, v. 21, n. 54, p. 592-610, set./dez. 2008. Disponível em: <http://www.cadernocrh.ufba.br/viewarticle.php?id=479&OJSSID=89c>.

MONTE, P. A. do; PEREIRA, A. E. da S. Um estudo regional dos determinantes da geração de renda e construção da cidadania nos Projetos de Assentamentos. Rev. Econ. Sociologia Rural, Brasília, v. 47, n. 4, dez. 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032009000400010&lng=en&nrm=iso>>. Acesso em: 4 ago. 2013.

MOREIRA, R. J.; LIMA, E. N. de. Identidades sociais e assessoria técnica: agricultores assentados e assentamento. JORNADA DE ESTUDOS SOBRE ASSENTAMENTOS RURAIS, 4. Texto de apoio ao curso de atualização para os técnicos da ATES (Assessoria Técnica, Ambiental e Social). Convênio CPDA/REDES – NEAD/INCRA. Março 2005. Disponível em: <r1.ufrrj.br/cpda/ruralidades/arquivos/arquivos_producao/6_ARQ.doc>.

MORISSAWA, M. A história da luta pela terra e o MST. São Paulo: Expressão Popular, 2001. 256p PASQUIS, R.; SILVA, A. V. da; WEISS, J.; MACHADO, L. “Reforma agrária” na Amazônia: balanço e perspectivas. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v. 22, n. 1, p. 83-96, jan./abr. 2005.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social – métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1999, 270p.

SACHS, I. Desenvolvimento includente sustentável sustentado. Rio de Janeiro: Garamond, 2004. 151p.

SILVA, E. M.; CEREDA, M. P. Contribuição da religião para com o desenvolvimento local: estudo de caso da organização “Dando as Mãos”. Interações, Campo Grande, SM, v. 12, n. 1, jan./jun. 2011.

YASBEK, M. C. O programa fome zero no contexto das políticas sociais brasileiras. São Paulo Perspec., São Paulo, v. 18, n. 2, p. 104-112, abr./jun. 2004.

Publicado
2015-11-24