Os “remédios do mato” por especialistas locais da comunidade São João da Várzea, Mossoró, RN, Brasil

  • Ana Valéria Lacerda Freitas Universidade Federal Rural do Semi Árido, Mossoró, RN
  • Maria de Fatima Barbosa Coelho Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro Brasileira, Redenção, CE
Palavras-chave: Plantas medicinais. Conhecimento local. Conservação de espécies.

Resumo

O objetivo neste estudo foi interpretar o conhecimento local de duas especialistas sobre os recursos vegetais terapêuticos. Adotaram-se as técnicas de pesquisa participativa, entrevistas semiestruturadas, história de vida, listagem livre e turnês guiadas. Foram identificadas 41 espécies, distribuídas em 28 famílias botânicas. Os aspectos fenológicos e de conservação das espécies observadas contribuem para o desenvolvimento de alternativas mais sustentáveis de uso e manejo dos recursos locais.

 

Referências

ALBUQUERQUE, U. P.; ANDRADE, L. H. C. Uso de recursos vegetais da caatinga: o caso do agreste do estado de Pernambuco (Nordeste do Brasil). Interciência, Caracas, Venezuela, v. 27, n. 7, p. 336-346, jul. 2002.

ALBUQUERQUE, U. P. Etnobiologia e biodiversidade. Recife: NUPPEA, 2005. 78 p.

ALBUQUERQUE, U. P.; LUCENA, R. F. P.; LINS NETO, E. M. F. Seleção dos participantes da pesquisa. In: ALBUQUERQUE, U. P.; LUCENA, R. F. P.; CUNHA, L. V. F. C. (Org.). Métodos e técnicas na pesquisa etnobiológica e etnoecológica. Recife, PE: NUPPEA, 2010a. p. 21-37.

ALBUQUERQUE, U. P.; LUCENA, R. F. P.; ALENCAR, N. L. Métodos e técnicas para coleta de dados etnobiológicos. In: ALBUQUERQUE, U. P.; LUCENA, R. F. P.; CUNHA, L. V. F. C. (Org.). Métodos e técnicas na pesquisa etnobiológica e etnoecológica. Recife, PE: NUPPEA, 2010b. p. 39-64.

ALMEIDA, C. F. C. B. R.; ALBUQUERQUE, U. P.; SILVA, T. C. L.; AMORIM, E. L. C.; MAIA, M. B. S. Como as pessoas selecionam plantas para o uso medicinal? Evidências da química e da ecologia. In: ALBUQUERQUE, U. P.; ALMEIDA, C. F. C. B. R.; MARINS, J. F. A. (Org.). Tópicos em conservação, etnobotânica e etnofarmacologia de plantas medicinais e mágicas. Recife: NUPEEA/ Sociedade Brasileira de Etnobilogia e Etnoecologia, 2005. p. 263-286.

AMOROZO, M. C. M.; VIERTLER, R. B. A abordagem qualitativa na coleta e análise de dados em etnobiologia e etnoecologia. In: ALBUQUERQUE, U. P.; LUCENA, R. F. P.; CUNHA, L. V. F. C. (Org.). Métodos e técnicas na pesquisa etnobiológica e etnoecológica. Recife, PE: NUPPEA, 2010. p. 67-82.

ANGIOSPERM PHYLOGENY GROUP - APG. An update of the Angiosperm Phylogeny Group classification for the orders and families of flowering plants: APG II. Botanical Journal of the Linnean Society, Londres, v. 141, n. 1, p. 399-436, 2003.

BRASIL. Ministério da Saúde. Renisus. fev. 2009. Disponível em: <http://portalsaude.saude.gov.br/images/pdf/2014/maio/07/renisus.pdf>. Acesso em: 19 fev. 2013.

CASTELLUCCI, S. et al. Plantas medicinais relatadas pela comunidade residente na Estação Ecológica de Jataí, município de Luís Antonio – SP: uma abordagem etnobotânica. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, SP, v. 3, n. 1, p. 51-60, 2000.

CUNHA, S. A.; BORTOLOTTO, I. M. Etnobotânica de Plantas Medicinais no Assentamento Monjolinho, município de Anastácio, Mato Grosso do Sul, Brasil. Acta Botanica Brasilica, Belo Horizonte, MG, v. 25, n. 3, p. 685-698, 2011.

FERRAZ, J. S. F.; MEUNIER, I. M. J.; ALBUQUERQUE, U. P. Conhecimento sobre espécies lenhosas úteis da mata ciliar do Riacho do Navio, Floresta, Pernambuco. Zonas Áridas, Lima, Peru, n. 9, p. 27-39, 2005.

FREITAS, A. V. L.; COELHO, M. F. B.; MAIA, S. S. S.; AZEVEDO, R. A. B. A percepção dos quintais rurais por crianças de São Miguel, Rio Grande do Norte, Brasil. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, RN, v. 6, n. 2, p. 212-220, jul./set. 2011.

FREITAS, A. V. L.; COELHO, M. F. B.; MAIA, S. S. S.; AZEVEDO, R. A. B. Plantas medicinais: um estudo etnobotânico nos quintais do Sítio Cruz, São Miguel, Rio Grande do Norte, Brasil. Revista Brasileira de Biociências, Porto Alegre, v. 10, n. 1, p. 48-59, jan./mar. 2012.

GIRALDI, M.; HANAZAKI, N. Uso e conhecimento tradicional de plantas medicinais no Sertão do Ribeirão, Florianópolis, SC, Brasil. Acta bot. bras., Belo Horizonte, MG, 24(2): 395-406, abr./jun. 2010.

GIULIETTI, A. M. et al. Diagnóstico da vegetação nativa do bioma Caatinga. In: SILVA, J. M. C.; TABARELLI, M.; FONSECA, M. T.; LINS, L. V. (Org.). Biodiversidade da caatinga: áreas e ações prioritárias para a conservação. Brasília, DF: Ministério do Meio Ambiente, Universidade Federal de Pernambuco, 2003. 382 p.

GUERRA, A. M. N. M.; CUNHA NETO, J. R.; MARQUES, J. V. A. D.; PESSOA, M. F.; MARACAJÁ, P. B. Plantas medicinais e hortaliças usadas para cura de doenças em residências da cidade de Mossoró-RN. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, RN, v. 2, n. 1, p. 70-77, jan./jul. 2007.

GUERRA, A. M. N. M.; PESSOA, M. F.; SOUZA, C. S. M.; MARACAJÁ, P. B. Utilização de plantas medicinais pela comunidade rural Moacir Lucena, Apodi-RN. Bioscience Journal, Uberlândia, MG, v. 26, n. 3, p. 442-450, maio/jun. 2010.

INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E MEIO AMBIENTE DO RIO GRANDE DO NORTE (IDEMA). Perfil do seu município, [s.d.]. Disponível em: <http://www.idema.rn.gov.br/contentproducao/aplicacao/idema/socio_economicos/enviados/perfil_municipio.asp>. Acesso em: 10 jan. 2012.

INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL DO RIO GRANDE DO NORTE (EMATER). Diagnóstico das comunidades do Polo Passagem do Rio, Mossoró-RN. Mossoró-RN: EMATER-RN. 2012. 54p.

LISTA DE ESPÉCIES DA FLORA DO BRASIL 2013. Disponível em: <http://floradobrasil.jbrj.gov.br>. Acesso em: 12 fev. 2013.

LOIOLA, M. I. B.; PATERNO, G. B. C.; DINIZ, J. A.; CALADO, J. F.; OLIVEIRA, A. C. P. Leguminosas e seu potencial de uso em comunidades rurais de São Miguel do Gostoso – RN. Revista Caatinga, Mossoró, RN, v. 23, n. 3, p. 59-70, jul./set. 2010.

LORENZI, H. Manual de identificação e controle de plantas daninhas: plantio direto e convencional. 6. ed. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2006. 339p.

LORENZI, H.; MATOS, F. J. A. Plantas medicinais no Brasil: nativas e exóticas. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2002. 512 p.

LORENZI, H.; SOUZA, H. M. Plantas ornamentais no Brasil: arbustivas, herbáceas e trepadeiras. 4 ed. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum, 2008. 1088p.

MACIEL, M. A. M.; PINTO, A. C.; VEIGA JR., V. F. Plantas medicinais: a necessidade de estudos multidisciplinares. Química Nova, São Paulo, v. 25, n. 3, p. 429-438, maio 2002.

MAIA, G. N. Caatinga: arvores e arbustos e suas utilidades. São Paulo: D & Z, 2004. 413p.

MARTINS, R. C. V. Coleta e identificação de espécimes botânicos. Belém: Embrapa, 2012. (Série Documentos, 143).

MATOS, F. J. A. Farmácias vivas: sistemas de utilização de plantas medicinais projetado para pequenas comunidades. 4. ed. Fortaleza: Editora UFC, 2002. 267p.

MEDEIROS, M. F. T.; FONSECA, V. S.; ANDREATA, R. H. P. Plantas medicinais e seus usos pelos sitiantes da Reserva Rio das Pedras, Mangaratiba, RJ, Brasil. Acta Botânica Brasílica, Belo Horizonte, MG, v. 18, n. 2, p. 391-399, 2004.

MINAYO, M. C. S. Ciência, técnica e arte: o desafio da pesquisa social. In: MINAYO, M. C. S. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 22. ed. Petrópolis: Vozes, 2003. p. 9-29.

MORAIS, V. M. Etnobotânica nos quintais da comunidade de Abderramant em Caraúbas-RN. 2011. 112f. Tese (Doutorado em Fitotecnia: Área de concentração em Agricultura Tropical) - Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia, Universidade Federal Rural do Semiárido, Mossoró, RN, 2011.

MOSCA, V. P.; LOIOLA, M. I. B. Uso popular de plantas medicinais no Rio Grande do Norte, nordeste do Brasil. Revista Caatinga, Mossoró, RN, v. 22, n. 4, p. 225-234, out./dez. 2009.

OLIVEIRA, E. R.; MENINI NETO, L. Levantamento etnobotânico de plantas medicinais utilizadas pelos moradores do povoado de Manejo, Lima Duarte – MG. Rev. Bras. Pl. Med., Botucatu, SP, v. 14, n. 2, p. 311-320, 2012.

OLIVEIRA, R. L. C.; LINS NETO, E. M. F.; ALBUQUERQUE, U. P.; ARAUJO, E. L. Prioridades de conservação de plantas medicinais. In: ALBUQUERQUE, U. P.; ALMEIDA, C. F. C. B. R.; MARINS, J. F. A. (Org.). Tópicos em conservação, etnobotânica e etnofarmacologia de plantas medicinais e mágicas. Recife: NUPEEA/ Sociedade Brasileira de Etnobilogia e Etnoecologia, 2005. p. 165-188

PASA, M. C.; ÁVILA, G. Ribeirinhos e recursos vegetais: a etnobotânica em Rondonópolis, Mato Grosso, Brasil. Interações, Campo Grande, v. 11, n. 2 p. 195-204, jul./dez. 2010.

PASA, M. C. Saber local e medicina popular: a etnobotânica em Cuiabá, Mato Grosso, Brasil. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, PA, v. 6, n. 1, p. 179-196, jan./abr. 2011.

PAULINO, R. C.; HENRIQUES, G. P. S. A.; COELHO, M. F. B.; ARAUJO, P. V. N. Riqueza e importância das plantas medicinais do Rio Grande do Norte. Revista de Biologia e Ciências da Terra, João Pessoa, PB, v. 11, n. 1, p. 157-168, 2011.

PAULINO, R. C.; HENRIQUES, G. P. S. A.; MOURA, O. N. S.; COELHO, M. F. B.; AZEVEDO, R. A. B. Medicinal plants at the Sítio do Gois, Apodi, Rio Grande do Norte State, Brazil. Revista Brasileira de Farmacognosia, Curitiba, PR, v. 22, n. 1, p. 29-39, jan./fev. 2012.

PILLA, M. A. C.; AMOROZO, M. C. M.; FURLAN, A. Obtenção e uso das plantas medicinais no distrito de Martim Francisco, município de Mogi-Mirim, SP, Brasil. Acta Botanica Brasílica, Belo Horizonte, MG, v. 20, n. 4, p. 789-802, 2006.

RICARDO, L. G. P. S. Estudos etnobotânicos e prospecção fitoquímica das plantas medicinais utilizadas na comunidade Horto, Juazeiro do Norte-CE. 2011. 87 f. Dissertação (Pós-Graduação em Ciências Florestais – Ecologia e Manejo dos Recursos Florestais) – Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Campina Grande, PB, 2011.

ROQUE, A. A.; ROCHA, R. M.; LOIOLA, M. I. B. Uso e diversidade de plantas medicinais da Caatinga na comunidade rural de Laginhas, município de Caicó, Rio Grande do Norte (Nordeste do Brasil). Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, SP, v. 12, n. 1, p. 31-42, jan./mar. 2010.

SILVA, E. R. R.; SABLAYROLLES, M. G. P. Quintais agroflorestais por colonos migrantes: as plantas medicinais em Vila Nova, Mojuí dos Campos (Santarém/PA). CONGRESSO BRASILEIRO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS, 7.: Diálogo e integração de saberes em sistemas agroflorestais para sociedades sustentáveis, 2009. Anais... Luziânia, 200­9. p. 1-4.

SILVA, T. S.; FREIRE, E. M. X. Abordagem etnobotânica sobre plantas medicinais citadas por populações do entorno de uma unidade de conservação da caatinga do Rio Grande do Norte, Brasil. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, SP, v. 12, n. 4, p. 427-435, out./dez. 2010.

SIVIERO, A.; DELUNARDO, T. A.; HAVERROTH, M.; OLIVEIRA, L. C.; MENDONÇA, A. M. S. Plantas medicinais em quintais urbanos de Rio Branco, Acre. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, SP, v. 14, n. 4, p. 598-610, out./dez. 2012.

STEPP, J. R.; MOERMAN, D. E. The importance os weeds in ethnopharmacology. Journal of Ethnopharmacology, v. 75, n. 1, p. 19-23, apr. 2001.

STEPP, J. R. The role of weeds as sources of pharmaceuticals. Journal of Ethnopharmacology, v. 92, p. 163-166, 2004.

TORRES, D. F.; OLIVEIRA, E. S.; ALVES, R. R. N.; VASCONCELLOS, A. Levantamento etnoecológico da biodiversidade da península de Galinhos, Rio Grande do Norte. CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 8. Anais... Caxambu, MG, 2007.

TROPICOS. Missouri Botanical Garden. [s.d.]. Disponível em: <http://www.tropicos.org>. Acesso em: 8 jan. 2013.

TROVÃO, D. M. B. M.; SILVA; S. C.; SILVA, A. B.; VIEIRA JUNIOR, R. L. Estudo comparativo entre três fisionomias de Caatinga no estado da Paraíba e analise do uso das espécies vegetais pelo homem nas áreas de estudo. Revista de Biologia e Ciências da Terra, Macapá, AP, v. 4, n. 2, p. 1-5, 2º sem. 2004.

Publicado
2015-11-24