O espaço ecológico das populações no desenvolvimento global

  • Rodrigo Studart Corrêa
Palavras-chave: Espaço ecológico, Degradação ambiental, Recursos naturais.

Resumo

Existem argumentos que defendem o controle populacional como a melhor solução para os maioresproblemas ambientais do Mundo, porque alguns cientistas acreditam que o bilhão de habitantes mais pobres doplaneta causa mais danos ao meio ambiente do que todos os demais seres humanos juntos. Porém, o espaço ecológicoocupado pelas sociedades ricas do hemisfério norte é muito maior do que o das sociedades pobres do “Sul”.Apesar de a explosão demográfica poder causar a exaustão dos recursos naturais, mudanças urgentes também sãonecessárias em sociedades com padrões altos de consumo, sociedades que geralmente se recusam a mudar seuestilo de vida.

Referências

CARVALHO, João Luiz Homem de. Verticalização da produção. Palestra proferida pelo Secretário de Agricultura do Distrito Federal. Auditório da SEMATEC, 13/11/1997. Brasília, 1997.

ERLICH, Paul. The Population Bomb. New York: Ballantine, 1968.

HARDIM, Garret. Living on a lifeboat. Bioscience 24(10), 1974: 561-568.

_____. Living within limits: ecology, economics and the population taboo. New York: Oxford University Press, 1993.

IIED - International Institute for Environment and Development. Facing the future: beyond the Earth summit. London: Earthscan, 1993.

KARKAL, M. Why the Cairo Document is flawed? Third World Resurgence 50. 1994.

MALTHUS, Thomas. An essay on the principle of population. New York: Norton, 1976.

PIMENTEL, D. Gigadeath. Ithaca: Cornell University News Service, 1996.

REES, Williams; TESTEMALE, Phil.; WACKERNAGEL, Mathis. Our ecological footprint: reducing human impact on the Earth. The New Catlyst Bioregional Series. Canadá: New Society Publishers, 1997.

ROWLEY, J. “A watershed of ideas”. In: People, 11(4), 1984.

The Ecologist. “Carrying capacity, over-population and environmental degradation”. In: Whose common future? London: Earthscan, 1993.

TRAINER, F. E. Abandon affluence! London: Zed, 1985. UNDP. Human development report. N. 13. New York: Oxford University Press, 1996.

USGPO – United States Government Printing Office. World Rainforest Report, Washington, n. 43, 7(4): 5, 1991.

Publicado
2016-02-29
Seção
Artigos