O patrimônio histórico-cultural e o turismo na Cidade Heróica de Cachoeira-BA: potencialidade x realidade

  • Armando Alexandre Castro
Palavras-chave: Patrimônio histórico-cultural, turismo cultural, Cachoeira (BA).

Resumo

A relevância da indústria turística no mundo contemporâneo é inquestionável. Desde o encontro e(con)vivência de pessoas e culturas díspares, passando pela produção do (re)conhecimento, até às questões econômicase de sustentabilidade, apresentam a atividade turística como uma das mais significativas plataformas estratégicasde arrecadação de divisas, geração de emprego e outros bens sociais. Os números crescentes, apesar dos incidentesinternacionais, reforçam a necessidade do poder público - de qualquer lugar do planeta com potencialidade para estaatividade - alinhavar suas diretrizes neste assunto com seriedade e real interesse em suas benesses. No Brasil, apotencialidade para o turismo de alguns municípios que se encontram com suas economias combalidas, pareceesbarrar na burocracia, no desconhecimento e na falta de interesse em mudar a realidade.

Referências

ARNIZÁU, José Joaquim de Almeida e. Memória topográfica, histórica, comercial e política da Vila da Cachoeira da Província da Bahia. Salvador: Instituto Geográfico e Histórico da Bahia / Fundação Cultural do Estado da Bahia, 1998.

BARICKMAN, B. J. Um contraponto baiano – açúcar, fumo, mandioca e escravidão, 1780-1860. Rio de Janeiro: Ed. Civilização Brasileira, 2003.

CASTRO, A. C. C. A festa e a música na Boa Morte. 92 f. Trabalho de conclusão de curso (Especialização em História Social e Educação) – Universidade Católica do Salvador. Salvador, 2003.

KRIPPENDORF, Jost. Sociologia do turismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1989.

LUCAS, S. M. M. de. Turismo cultural e desenvolvimento sustentável: Cinco princípios e quatro passos para preservar e desenvolver o patrimônio cultural para o turismo sustentável. Rio de Janeiro. (No prelo) MURTA, Stela Maris; ALBANO, Celina (Orgs). Interpretar o patrimônio – um exercício do olhar. Belo Horizonte: Ed. UFMG / Território Brasilis, 2003.

OMT. Introdución al turismo. Madrid: OMT, 1998. QUEIROZ, Lúcia Aquino de. Turismo na Bahia: estratégias para o desenvolvimento. Salvador: Secretaria da Cultura e Turismo, 2002.

ROCHA, Rubens. A Fascinante Cachoeira – jóia do Recôncavo baiano. [S.l.: s.n.], 2002.

RUSCHMANN, Doris. Turismo e planejamento sustentável: A proteção do meio ambiente. Campinas: Papirus, 1997.

TAVARES, Luis Henrique Dias. História da Bahia. São Paulo: Ed. Ática, 1981.

Publicado
2016-02-23
Seção
Artigos