As políticas públicas no semi-árido piauiense na década de 1990: o caso do PAPP/PCPR

  • Janaína Martins Vasconcelos
  • Maria do Socorro Lira Monteiro
Palavras-chave: Políticas públicas, semi-árido piauiense, PAPP/PCPR.

Resumo

Desde o início do século XX, que o semi-árido nordestino vem sendo apontado como uma região problema.Apesar do vasto universo de políticas públicas e programas destinados à região, esta encontra-se ainda, em situaçãode pobreza e subdesenvolvimento. No Piauí, as ações mais efetivas ao longo da década de 1990, foram as dosProgramas PAPP/PCPR, no entanto, não conseguiram dinamizar a economia local, promover a inclusão social e nemreverter o processo de degradação ambienta

Referências

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil - 1988. Brasília: Senado Federal, 1988.

CARVALHO, Francisco Prancácio de Araújo; GOMES, Jaíra Maria Alcobaça. Estudos da qualidade de vida dos municípios do semi-árido piauiense. Relatório Técnico Final. Teresina: TROPEN, 2002.

EMBRAPA. Linhas de ação para o semi-árido. Disponível em: <http://www.embrapa.gov.br>. Acesso em: 19 fev. 2003.

IBGE. Divisão Municipal do Brasil. Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2005.

LEMOS, José de Jesus Sousa. Níveis de Degradação no Nordeste Brasileiro. In: Revista Econômica do Nordeste, Fortaleza, v. 32, n. 3, p. 406-429, jul-set. 2001.

LIMA, Iracilde Maria de Moura Fé; ABREU, Iracilde Gonçalves de; LIMA, Milcíades Gadelha de. Semi-Árido Piauiense: delimitação e regionalização. In: Carta CEPRO, Teresina. v. 18, n. 1, p. 162-183.

LLORENS, F. A. Desenvolvimento econômico local: caminhos e desafios para a construção de uma nova agenda política. Rio de Janeiro: BNDES, 2001.

PIAUÍ. Governo do Estado. Secretaria de Planejamento. Relatório de Atividades do PCPR – 2002/2004. Teresina, 2004.

PIAUÍ. Governo do Estado. Secretaria de Planejamento. Projeto de Combate à Pobreza Rural – PCPR II no Estado do Piauí. Teresina, 2002.

PNUD. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, IPEA-Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, FJP-Fundação João Pinheiro, IBGE-Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Desenvolvimento Humano e Condições de Vida: indicadores brasileiros. Brasília, 1998.

SILVA E SILVA, Maria (Org.). Avaliação de Políticas e Programas Sociais – teoria e prática. São Paulo: Ed. Veras, 2001.

Publicado
2016-02-23
Seção
Artigos