Utilização da técnica da análise de clusters ao emprego da indústria criativa entre 2000 e 2010: estudo da Região do Consinos, RS

  • Judite Sanson Bem Centro Universitário La Salle (Unilasalle)
  • Nelci Maria Richter Giacomini Centro Universitário La Salle (Unilasalle)
  • Moisés Waismann Centro Universitário La Salle (Unilasalle)
Palavras-chave: Análise de agrupamentos. Mercado de trabalho formal. Economia criativa.

Resumo

O Consinos teve como atividade dinâmica o setor de calçadista por mais de 30 anos. A partir dos anos 2000, foi afetado pelo comércio internacional, que impactou a estrutura de emprego. A partir dos dados da RAIS, utiliza-se a análise de clusters para verificar o comportamento do emprego da indústria criativa dessa região no período de 2000 a 2010. Os resultados sugerem uma leve transformação na estrutura produtiva.

 

Referências

BEM, Judite Sanson. Estado e economia na América Latina: a construção do pensamento neo-estruturalista cepalino. Passo Fundo: Clio Livros, 2003.

BEM, Judite Sanson; GIACOMINI, Nelci Maria Richter. Planejamento estratégico regional do Vale do Rio dos Sinos - RS. Canoas: CONSINOS, 2010.

BEM, Judite Sanson (Coord.); GIACOMINI, Nelci Maria Richter. Avaliação das áreas homogêneas e dos impactos econômicos da cultura e das indústrias culturais: estudo do COREDE do Vale do Rio dos Sinos (Consinos), no período de 2000 até 2011. Canoas: UNILASALLE, 2012.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Bases Estatísticas RAIS / CAGED, [s.d]. Disponível em: <http://sgt.caged.gov.br/index.asp>. Acesso em: 30 jan. 2012.

BOP CONSULTING. Mapping the Creative Industries: a Toolkit. Londres: British Council, 2010.

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (FIRJAN). A cadeia da Indústria Criativa no Brasil. Estudos para o desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, n. 2, maio 2008. Disponível em: <http://www.firjan.org.br/main.jsp?lumItemId=2C908CE9215B0DC40121737B1C8107C1&lumPageId=2C908CE9215B0DC40121793770A2082A>. Acesso em: 30 jan. 2012.

FUNDAÇÃO DE ECONOMIA E ESTATÍSTICA DO RIO GRANDE DO SUL (FEE). FEEDADOS, [s.d.]. Disponível em: <http://www.fee.rs.gov.br/feedados/consulta/unidades_geo_municipios.asp>. Acesso em: 29 nov. 2012

HAIR, Joseph et al. Multivariate Data Analysis. Prentice Hall: New Jersey, 1998.

KUPFER, David; HASENCLEVER, Lia. Economia industrial. Rio de Janeiro: Campus, 2002.

ROSES, C. F.; LEIS, R. P. Um estudo das condições sócio-econômicas de municípios gaúchos através da análise de cluster. FECAP. Revista Administração On Line, v. 3, n. 3, jul./ago./set. 2002. Disponível em: <www.fecap.br/adm_online/art33/rose1.htm>. Acesso em: 29 abr. 2012.

STATSOFT, INC. Electronic Statistics Textbook. Textbook Estatísticas Eletrônico. Tulsa, OK: StatSoft. Tulsa, OK: StatSoft, [s.d.]. WEB: http://www.statsoft.com/textbook/. Disponível em: <http://www.statsoft.com/textbook/cluster-analysis/>. Acesso em: 29 abr. 2012.

SOUZA, Alfredo B. Kugeratski; BONSE, Roberto; SILVA, Wesley Vieira. Avaliação do nível de segmentação dos serviços bancários com base em valores de tarifas para pessoas físicas, 2005. Disponível em: <http://www.unifae.br/publicacoes/pdf/IIseminario/sistemas/sistemas_02.pdf>. Acesso em: 28 nov. 2012.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL SCIENTIFC AND CULTURAL ORGANIZATION (UNESCO). Understanding creative industries. Cultural statistics for public-policy making, [s.d.]. Disponível em: <http://portal.unesco.org/pv_obj_cache/pv_obj_id_7D7822788289E0813D7CE385533915A9E27A0100/filename/cultural_stat_EN.pdf>. Acesso em: 30 jan. 2013.

UNITED NATIONS CONFERENCE ON TRADE AND DEVELOPMENT (UNCTAD). Creative Economy. Report 2008. Geneva; New York: UNCTAD; UNDP, 2008. p. 9-16. Disponível em: <http://unctad.org/es/Docs/ditc20082cer_en.pdf>. Acesso em: 28 nov. 2011.

______. Creative Industries and Development. Eleventh session São Paulo, 13-18 June 2004. Disponível em: <http://unctad.org/en/Docs/tdxibpd13_en.pdf>. Acesso em: 30 jan. 2013.

Publicado
2015-09-03