Intervenção do Estado e desenvolvimento local: uma análise cross section dos municípios paranaenses

  • Christian Luiz da Silva
  • Carminda Lopes
  • William Michon Junior
Palavras-chave: Desenvolvimento local. Municípios. Paraná. Finanças Públicas.

Resumo

A intervenção do Estado tem o propósito de fomentar o desenvolvimento local. O objetivo deste artigo édiscutir essa capacidade de intervenção para a melhora das condições de desigualdade no Estado Paraná, medianteuma análise cross section dos municípios paranaenses. A pesquisa foi aplicada, descritiva e quantitativa, com análisedos dados para o ano de 2000. O estudo evidencia que as finanças públicas ainda não representam um papel efetivopara mudança das desigualdades socioeconômicas, mas afetam positivamente os indicadores sociais.

Referências

BANCO MUNDIAL. Relatório sobre o Desenvolvimento Mundial 1997. Washington/USA, 1997.

BÊRNI, Duilio de Avila (coordenador). Técnicas de pesquisa em economia: transformando curiosidade em conhecimento. São Paulo: Saraiva, 2002. (*)

BLACKELY, Edward J. Planning Local Economic Development: theory and practice. 2. ed. USA: Sage Publications, 1994.

CÂNDIDO JR, José Oswaldo. Efeitos do investimento público sobre o produto e a produtividade: uma análise empírica. Texto para discussão 1204. IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, Brasília, agosto 2006.

DIEHL, Astor Antônio; TATIM, Denise Carvalho. Pesquisa em ciências sociais aplicadas. São Paulo: PrenticeHall/ Pearson Education, 2004. (*)

DUBRESSON, Alain; FAURÉ, Yves-André. Décentralisation et développement local: un lien à repenser. Revue Tiers Monde, n. 181, janvier-mars 2005.

FARIA, C.A.P.; FILGUEIRAS, C.A.C. As políticas dos sistemas de avaliação da educação básica do Chile e do Brasil. In: HOCHMAN, G.; ARRETCH, M.; MARQUES, E. (org.). Políticas públicas no Brasil. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2007. p. 327-368.

FREY, Klaus. A dimensão político-democrática nas teorias de desenvolvimento sustentável e suas implicações para a gestão local. Ambiente & Sociedade, ano IV, n. 9, 2o semestre de 2001.

FROEHLICH, José Marcos. O “local” na atribuição de sentido ao desenvolvimento. Revista Paranaense de Desenvolvimento, Curitiba, n. 94, p. 87-96, maio/dez. 1998.

GIL, Antonio Carlos. Técnicas de pesquisa em economia e elaboração de monografias. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

IGLESIAS, Enrique V. El papel del Estado y los Paradigmas Económicos en América Latina. Revista de La CEPAL, Santiago de Chile: Comisión Económica para América Latina y el Caribe (CEPAL)/ ONU, n. 90, dic. 2006.

IPARDES. Leituras regionais: Mesorregiões Geográficas Paranaenses: Sumário Executivo. Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social. Curitiba: IPARDES, 2004.

IPARDES. Tipologia dos municípios paranaenses segundo indicadores socioeconômicos e demográficos. Curitiba: Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social, 2003.

IPEADATA. Dados econômicos. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2008.

LERDA, Juan Carlos; ACQUATELLA, Jean; GÓMEZ, José Javier. Coordinación de políticas públicas: desafíos y oportunidades para una agenda fiscal-ambiental. In: ACQUATELLA, Jean; BÁRCENA, Alicia (Eds.). Política fiscal y medio ambiente: bases para una agenda común. Santiago de Chile: Comisión Económica para América Latina y el Caribe (CEPAL)/ONU, 2005. p. 65-88.

LOWI, T. Four systems of policy, politics, and choice. Public Administration Review, 32, p. 298-310, 1972.

MAGALHÃES FILHO, F. de B. B. de. Da construção ao desmanche: análise do projeto paranaense de desenvolvimento. 1999. Tese (Doutorado em Sociologia) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo.

MENICUCCI, T. A implementação da reforma sanitária da: a formulação de uma política. In: HOCHMAN, G.; ARRETCH, M.; MARQUES, E. (org.). Políticas Públicas no Brasil. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2007. p. 303-326.

MONTEIRO NETO, A. Intervenção estatal e desigualdades regionais no Brasil: contribuições ao debate contemporâneo. Texto para discussão 1229. IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Brasília, novembro 2006.

OLIVEIRA, J. A. P. de. Desafios do planejamento em Políticas Públicas: diferentes visões e práticas. Revista de Administração Pública – RAP, Rio de Janeiro 40(2): 273-88, mar./abr. 2006.

______. Implementing environmental policies in developing countries through descentralization: the case of protected areas in Bahia, Brazil, World Development, v. 30, n. 10, p. 1713-1736, 2002.

PRITCHETT, L. The Tyranny of Concepts CUDIE (Cumulated, Depreciated Investment Effort) Is NotCapital. POLICY RESEARCH WORKING PAPER 2341. The World Bank Development - Research Group Poverty and Human Resources. NW, Washington/ DC, USA, May 2000.

REZENDE, D.A.; CASTOR, B.V.J. Planejamento estratégico municipal: empreendedorismo participativo nas cidades, prefeituras e organizações públicas. 2. ed. Rio de Janeiro: Brasport, 2006.

REZENDE, F.C. Por que falham as reformas administrativas? Rio de Janeiro: FGV, 2004.

RODRIGUES, G. Democracia e partidos políticos: os gastos públicos municipais como instrumento de análise político-ideológico. In: HOCHMAN, G.; ARRETCH, M.; MARQUES, E. (org.). Políticas Públicas no Brasil. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2007. p. 275-302.

SECRETARIA de Estado do Planejamento e Coordenação Geral (SEPL). Paraná Plano Plurianual 2008 a 2011. Lei n. 15.757, de 27 de dezembro de 2007. Paraná, 2007.

______. Plano de Governo do Paraná 2003 a 2006. Desenvolvimento Sustentável e Inclusão Social. Curitiba, 2003. SILVA, C.L. Investimento estrangeiro direto: da dependência à globalização. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 2005.

______. Desenvolvimento sustentável: um conceito multidisciplinar. In: SILVA, C.L.; MENDES, J.T.G. (Org.). Reflexões sobre o desenvolvimento sustentável: agentes e interações sob a ótica multidisciplinar. 1. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2005. p. 11-40.

SILVA, Christian Luiz da; MICHON JUNIOR, Wilian. Desenvolvimento socioeconômico local e reestruturação produtiva paranaense na década de 1990. Interações, Campo Grande, v. 9, n. 1, p. 29-43, 2008.

SOTO TORRES, M. Dolores; FERNÁNDEZ LECHÓN, Ramón. Feedback Process in Economic Growth: relations between hours worked and labour productivity. Proceeding... Conference System Dinamics, p. 1-20. Disponível em: . Acesso em: dez. 2006.

SOUZA, C. Estado da arte da pesquisa em políticas públicas. In: HOCHMAN, G.; ARRETCH, M.; MARQUES, E. (org.). Políticas Públicas no Brasil. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2007. p. 65-86.

SOUZA, M.L. Algumas notas sobre a importância do espaço para o desenvolvimento social. Território, Rio de Janeiro: LAGET-UFRJ/Garamont, n. 3, jul./dez. 1997.

Publicado
2016-02-17