Impactos da implementação do Corredor Rodoviário Bioceânico na educação escolar na fronteira Brasil/Paraguai: conhecendo o contexto

conhecendo o contexto

Palavras-chave: Corredor Rodoviário Bioceânico, Porto Murtinho, impactos sociais, Educação escolar

Resumo

A despeito dos méritos eminentemente econômicos, a implementação do Corredor Bioceânico: Rota Porto Murtinho- Portos do Norte do Chile requer também a inteligibilidade de seus diversos impactos sociais sobre as comunidades locais, dentre eles, aqueles que incidem sobre a educação pública. Nesse sentido, o presente trabalho tem por objetivo compreender o contexto social, econômico e, especialmente, educacional do município sul mato-grossense de Porto Murtinho, que faz fronteira com Carmelo Peralta no Paraguai e é o ponto de saída da Rota no Brasil. Para tanto, realizamos pesquisa de cunho bibliográfico e estatístico, por meio da coleta e análise de indicadores oficiais gerados pelo IBGE e INEP. Os resultados mostram que Porto Murtinho, um município de pequeno porte, tem sua economia assentada prioritariamente na agropecuária; a rede pública de ensino atende pouco mais de quatro mil alunos diariamente e essa demanda é marcada pela diversidade cultural e linguística dada a presença de estrangeiros e também de populações indígenas. A partir desses dados, portanto, percebe-se que a implementação do Corredor Bioceânico incidirá sobre um contexto por si só já diverso e tenderá a ampliar a demanda por educação escolar à medida que deve impulsionar a permanência de habitantes que hoje não encontram postos de trabalho no município, e também a chegada de novos sujeitos, dado o potencial crescimento econômico representado pela implementação do Corredor Bioceânico. Assim, a implementação deverá vir acompanhada de investimentos na educação, objetivando sanar lacunas que já existiam e atender as necessidades emergentes.

Biografia do Autor

Jaqueline Basso, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Professora Adjunta na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul/UEMS, Unidade de Campo Grande. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. Doutora e mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos, na linha Estado, Política e Formação Humana. Pesquisadora no Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação do Campo da Universidade Federal de São Carlos- GEPEC/ UFSCar e no Grupo Trabalho, Educação e Políticas Públicas G-TEPE/ UEMS. Coordenadora do GT Educação do eixo Impactos Sociais na Unirila. Filiação: Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul-UEMS

Vanessa Arlésia de Souza Ferretti , Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Professora Adjunta na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul/UEMS. Coordenadora do Curso de Licenciatura em Letras Português-Espanhol e suas Literaturas, na Unidade de Campo Grande. Doutora em Linguística, na área de Linguística Aplicada, pela Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC. Tem experiência na Educação básica, técnica e superior. Integra o Núcleo de Estudos Bakhtinianos (NEBA) e o Grupo de pesquisa Educação, Cultura e Diversidade, vinculado à Rede de Pesquisa Internacional para América Latina, Europa e Caribe/Rede ALEC. Editora da Web Revista Linguagem, Educação e Memória. Empreende pesquisa a partir dos Estudos Críticos do Discurso e da Análise Dialógica do Discurso

Referências

ALMEIDA, Luciane Pinho; TEIXEIRA, Léia Lacerda; FIGUEIRA, Kátia Cristina Nascimento. A importância do estudo dos impactos sociais junto às comunidades locais dos territórios que integram o Corredor Rodoviário Bioceânico. Interações, Campo Grande, v. 20, número especial, p. 285-96, 2019. Disponible en: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1518-70122019000500285 Acceso el: 30 mar. 2020.

ANDRADE, Silvio. Obras de infraestrutura para nova rota comercial começam a transformar Porto Murtinho. Portal do Governo de Mato Grosso do Sul, [s.l.], 2019. Disponible en: http://www.ms.gov.br/obras-de-infraestrutura-para-nova-rota-comercial-comecam-a-transformar-porto-murtinho/. Acceso el: 24 ago. 2020.

BRASIL. Projeto de Decreto Legislativo n. 17 de 2018 (n. 709/2017). Aprova o texto do acordo entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República do Paraguai para a construção de uma ponte rodoviária internacional sobre o rio Paraguai entre as cidades de Porto Murtinho e Carmelo Peralta. Brasília, DF, 2018. Disponible en: https://legis.senado.leg.br/sdleg-getter/documento?dm=7644691&disposition=inline. Acceso el: 16 abr. 2020.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 20 dez. 1996. Disponible en: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/529732/lei_de_diretrizes_e_bases_1ed.pdfhttp://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acceso el: 15 feb. 2017.

BASILIO, Juliana Regina; ALMEIDA, Ana Maria Fonseca. Contratos de trabalho de professores e resultados escolares. Revista Brasileira de Educação, [s.l.], v. 23, e230049, 2018.

GAMBOA, Silvio Sánchez. Quantidade-qualidade: para além de um dualismo técnico e de uma dicotomia epistemológica. In: GAMBOA, Silvio Sánchez; SANTOS FILHO, Camilo (Org.). Pesquisa educacional: quantidade-qualidade. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2009. p. 84-110. (Coleção Questões da Nossa Época, v. 42).

GENTILI, Pablo Antonio Amadeo. Neoliberalismo e educação: manual do usuário. In: SILVA, Tomaz Tadeu; GENTILI, Pablo A. A. (Org.). Escola S. A.: quem ganha e quem perda no mercado educacional do neoliberalismo. Brasília, DF: CNTE, 1996. p. 9-49.

IBGE. Porto Murtinho: trabalho e rendimento. IBGE, Brasília, DF, 2017. Disponible en: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ms/porto-murtinho/panorama. Acceso el: 19 de abr. 2020.

IBGE. Censo 2010. IBGE, Brasília, DF, 2010. Disponible en: https://censo2010.ibge.gov.br/. Acceso el: 19 abr. 2020.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA [INEP]. Sinopses estatísticas do censo escolar 2020. INEP, Brasília, DF, 2021. Disponible en: http://portal.inep.gov.br/censo-escolar. Acceso el: 11 mayo 2021.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA [INEP]. Catálogo de escolas. INEP, Brasília, DF, 2020. Disponible en: https://www.gov.br/inep/pt-br/acesso-a-informacao/dados-abertos/inep-data/catalogo-de-escolas. Acceso el: 10 feb. 2021.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA [INEP]. Sinopses estatísticas do censo escolar 2019. INEP, Brasília, DF, 2019. Disponible en: http://portal.inep.gov.br/censo-escolar. Acceso el: 22 abr. 2020.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA [INEP]. IDEB Resultados e metas: Porto Murtinho, MS. INEP, Brasília, DF, 2018. Disponible en: http://ideb.inep.gov.br/resultado/resultado/resultado.seam?cid=448775. Acceso el: 7 mayo 2020.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA [IPEA]. Faixa de Fronteira do Brasil é tema de estudo do Ministério da Integração e Ipea. IPEA, Brasília, DF, 2017. Disponible en: https://bit.ly/2YfaMcK. Acceso el: 10 feb. 2021.

MATO GROSSO DO SUL (Estado). Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura familiar. Coordenadoria de Economia e Estatística. Dados Estatísticos dos Municípios de MS: Porto Murtinho, 2019. Campo Grande: SEMAGRO, 2019. Disponible en: http://www.semagro.ms.gov.br/perfis-socioeconomicos-do-ms-e-municipios/. Acceso el: 6 mayo 2020.

MATO GROSSO DO SUL (Estado). Secretaria do Estado de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo. Plano de Desenvolvimento e Integração da Faixa de Fronteira/MS. [S.l.]: Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, 2012. Disponible en: http://www.semagro.ms.gov.br/wp-content/uploads/2017/06/Plano-Desenvolvimento-e-Integra%C3%A7%C3%A3o-de-Fronteira.pdf. Acceso el: 10 jun. 2021.

MATO GROSSO DO SUL (Estado). Antecedentes. Corredor Bioceânico, [s.l.], [s.d.]. Disponible en: http://www.corredorbioceanico.ms.gov.br/antecedentes/. Acceso el: 30 mar. 2020.

NÚCLEO ESTADUAL PARA O DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO DA FAIXA DE FRONTEIRA DE RONDÔNIA [NEIFRO]. A criação dos núcleos estaduais de fronteira. Neifro, Porto Velho, [s.d.]. Disponible en: http://www.neifro.ro.gov.br/Conteudo/Exibir/43. Acceso el: 29 abr. 2020.

NÚCLEO ESTADUAL PARA O DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO DA FAIXA DE FRONTEIRA DE RONDÔNIA [NEIFRO]. Cidades-gêmeas. Neifro, Porto Velho, [s.d.]. Disponible en: http://www.neifro.ro.gov.br/Conteudo/Exibir/43. Acceso el: 29 abr. 2020.

OLIVEIRA, Gilvan Muller; MORELLO, Rosângela. A fronteira como recurso: o bilinguismo português-espanhol e o projeto escolas interculturais bilíngues de fronteira do MERCOSUL (2005-2016). Revista Iberoamericana de Educación, Madrid, v. 81, n. 1, p. 53-74, 2019.

OLIVEIRA, Romualdo Portela; ARAÚJO, Gilda Cardoso. Qualidade do ensino: uma nova dimensão da luta pelo direito à educação. Revista Brasileira de Educação, [s.l.], n. 28, p. 5-24, 2005. Disponible en: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n28/a02n28.pdf. Acceso el: 10 jun. 2016.

OLIVEIRA, Valquíria de Araújo. A infraestrutura de transportes como política governamental para o desenvolvimento regional e a integração sul-americana: uma análise sobre as Rotas Bioceânicas em Mato Grosso do Sul. 2010. 145 f. Dissertação (Mestrado em Geografía) – Universidade Federal de Grande Dourados, Dourados, MS, 2010.

RAFFESTIN, Claude. Prefácio. In: OLIVEIRA, Tito Carlos Machado (Org.). Território sem limites. Campo Grande: UFSM, 2005.

REDE UNIVERSITÁRIA DA ROTA DE INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA [UNIRILA]. Termo de convênio de cooperação recíproca, de 22 ago. 2019. Campo Grande: UniRila, 2019.

SILVA, Rodrigo Rocha; MOREIRA JUNIOR, Orlando. A educação na fronteira entre Brasil e Paraguai: narrativas (auto) biográficas de um fronteiriço. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto) Biográfica, Salvador, v. 4, n. 12, p. 1110-24, 2019. Disponible en: https://www.revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/5894. Acceso el: 20 jun. 2021.

WEBER, M. Economía y sociedad: esbozo de sociología comprensiva. Cidade do México: Fondo de Cultura Económica, 2008.

WENGER, Etienne. Communities of practice. Cambridge: Cambridge University Press, 1998.

Publicado
2021-12-14
Como Citar
Basso, J., & de Souza Ferretti , V. A. (2021). Impactos da implementação do Corredor Rodoviário Bioceânico na educação escolar na fronteira Brasil/Paraguai: conhecendo o contexto: conhecendo o contexto. Interações (Campo Grande), 22(4), 1197-1212. https://doi.org/10.20435/inter.v22i4.3423