Uso da tecnologia da informação na gestão da cadeia de suprimentos em São Luís do Maranhão e oportunidades para o desenvolvimento de fornecedores locais

  • Káty Maria Nogueira Morais
  • Elaine Tavares
Palavras-chave: Tecnologia da informação. Gestão da cadeia de suprimentos. Maranhão.

Resumo

A pesquisa descrita neste artigo teve como objetivo analisar como a tecnologia da informação (TI) vemsendo utilizada para auxiliar a gestão da cadeia de suprimentos (GCS) na cidade de São Luís do Maranhão. Osresultados retratam quais tecnologias são mais empregadas e quais são pouco utilizadas, assim como benefícios ebarreiras para esta adoção. Revela-se um cenário de oportunidades para o uso efetivo da TI, que poderá contribuirpara o desenvolvimento local, por meio da mudança de realidade de seus fornecedores.

Referências

ALBERTIN, A. L.; ALBERTIN, R. M. de M. Tecnologia de informação e desempenho empresarial: as dimensões de seu uso e sua relação com os benefícios de negócios. São Paulo: Atlas, 2005.

BALLOU, R. H. Gerenciamento da cadeia de suprimentos: planejamento, organização e logística empresarial. Porto Alegre: Bookman, 2001.

BARAT, J. (Org.). Logística e transporte no processo de globalização: oportunidades para o Brasil. São Paulo: Ed. UNESP/IEEI, 2007.

BOWERSOX, D. J.; CLOSS, D.; COOPER, M. Gestão da cadeia de suprimentos e logística. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

CARR, N. G. TI já não importa. Havard Business Review Brasil, maio 2003.

CHENG, T.; WU, Y. The impact of information sharing in a two-level supply chain with multiple retailers. Journal of the Operational Research Society, n. 56, p. 1159- 65, 2005.

CORRÊA, H. L.; CORRÊA, C. A. Administração de produção e operações: manufatura e serviços: uma abordagem estratégica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

COSTA, J. C. Gestão da informação interorganizacional na cadeia de suprimentos automotiva. 2005. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.

COSTA, J. C.; MAÇADA, A. C. G. Gestão da informação nos elos da cadeia de suprimentos do setor automotivo brasileiro. In: EnANPAD, 30., 2006, Salvador, 2006. v. 1. p. 1-15

CUNHA, V.; ZWICKER, R. Antecedentes do relacionamento e da performance em empresas da cadeia de suprimentos: estruturação e aplicação de modelos de equações estruturais. Revista de Administração de Empresas, v. 49, n. 2, abr./jun. 2009.

DIAS, R. M.; PITASSI, C.; JOIA, L. A. Gestão integrada da cadeia de suprimento: modelo para uma arquitetura de tecnologia da informação – o caso CVRD manganês. Rio de Janeiro: [s.n.], 2003.

FELDENS, L. F. Impacto da tecnologia da informação nas variáveis estratégicas organizacionais na gestão da cadeia de suprimentos. 2005. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.

FRANCISCHINI, G. P. Administração de materiais e do patrimônio. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.

FRANCO JÚNIOR, C. F. E-business: tecnologia da informação para a gestão e negócios na internet. São Paulo: Atlas, 2001.

GILMORE, D.; TOMPKINS, J. Transport plays key role in supply strategy. ID Systems, p. 8, 2000.

GRAEML, A. R.; GRAEML, K. S.; CSILLAG, J. M. A internet e a integração da cadeia de suprimentos. In: SIMPÓSIO DE ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO, LOGÍSTICA E OPERAÇÕES INDUSTRIAIS, FGVEAESP. Anais... São Paulo, agosto 2005.

INSTITUTO Brasileiro de Geografi a e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. 2008. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/grafi cos_dinamicos / pnad2008_tic/usuarios.php>. Acesso em: 21 dez. 2009.

LAUDON, K. C.; LAUDON, J. P. Gerenciamento de sistemas de informação. Rio de Janeiro: LTC, 1999.

MAÇADA, A. C. G.; FELDENS, L. P.; SANTOS, A. M. Impacto da tecnologia da informação na gestão das cadeias de suprimentos – um estudo de casos múltiplos. Gest. Prod., São Carlos, v. 14, n. 1, p. 1-12, jan./abr. 2007.

MALHOTRA, M. K.; HEINE, M. L.; GROVER, V. Na evaluation of the relationship between management practices and computer aided design. Journal of operations management, n. 19, v. 3, p. 307-33, 2001.

MARANHÃO. Governo do Estado. Governo/index. São Luís, 2009. Disponível em: <http://www.ma.gov.br/ governo/index.php?Ids=16>. Acesso em: 26 ago. 2009.

MOTTA, P. R. Transformação organizacional: a teoria e a prática de inovar. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2005.

NOVAES, A. G. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição: estratégia, operação e avaliação. Rio de Janeiro: Elsevier, 2001.

O’BRIEN, J. A. Sistemas de informação e as decisões na era da internet. São Paulo: Saraiva, 2001.

RANGANATHAN, C.; DHALIWAL, J. S.; TEO, T. S. H. Assimilation and diffusion of web technologies in supply-chain management: an examination of key drivers and performance impacts. International Journal of Electronic Commerce, v. 9, n. 1, p. 127-61, 2004.

SANTOS, B. L.; SMITH, L. S. RFID in the Supply Chain: Panacea or Pandora’s Box? Communications of the ACM,

v. 51, n. 10, p. 127-31, 2008. TAYLOR, D. A. Logística na cadeia de suprimentos: uma perspectiva gerencial. Tradução de Claudia Freire. São Paulo: Pearson Addison-Wesley, 2005.

TURBAN, E.; MCLEAN, E.; WETHERBE, J. Tecnologia da informação para gestão. Tradução de Renate Schinke. 3.ed. Porto Alegre: Bookman, 2004.

WANG, E. T. G.; WEI, H. Interorganizational governance value creation: coordinating for information visibility and fl exibility in supply chains. Decision Sciences, v. 38, n. 4, p. 647-74, 2007.

WOUTERS, J. Customer service as a competitive marketing instrument: an investigation into the construction and measurement equipment supply chains. 17th Annual IMP Conference, p. 9-11. Oslo, Norway. September, 2001.

Publicado
2016-02-12