Entre razões e emoções da evasão universitária, o contexto importa? Uma análise das instituições comunitárias catarinenses

Palavras-chave: evasão, ensino superior, administração, Ciências Contábeis

Resumo

Embora esforços crescentes tenham sido despendidos na análise do entendimento do fenômeno evasão no ensino superior, a literatura ainda é limitada e silenciosa acerca dos fatores exógenos e relacionados às características das Instituições de Ensino Superior (IES). Este estudo tem o objetivo de identificar e discutir a evasão acadêmica dos cursos de Administração e Ciências Contábeis nas IES de Santa Catarina. Visando contribuir para o entendimento da temática, adotou-se, neste estudo, uma abordagem quantitativa. Utilizaram-se como amostra os cursos de Administração e Ciências Contábeis nas IES de Santa Catarina, e o método CRiteria Importance Through Intercriteria Correlation (CRITIC) para a análise e ranqueamento das instituições quanto à evasão acadêmica de 2010 a 2014, sendo o primeiro estudo da temática que considera e evidencia a factibilidade da adoção do método. Os achados mostram que IES privadas localizadas em regiões com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e baixa renda per capita possuem maior taxa de evasão se comparadas às IES públicas e privadas localizadas em regiões mais desenvolvidas. Na perspectiva teórica, o artigo contribui para estender o debate e o conhecimento da área ao adotar uma abordagem e metodologia quantitativa original, bem como por considerar os fatores exógenos e relacionados às características das IES. Empiricamente, o estudo fornece também suporte para gestores governamentais e educacionais avaliarem as estratégias adotadas e a eficiência dos recursos empregados nas IES.

Biografia do Autor

Cinara Gambirage, Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Doutoranda em Ciências Contábeis e Administração pela Universidade Regional de Blumenau (FURB). Mestre em Administração pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Especialista em Docência na Educação a Distância pela Faculdade de Administração e Economia (FAE). Graduada em Letras trilíngue pela Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP). Graduanda em Administração pela UNIARP.  Atualmente, é docente nos cursos de graduação na UNIARP, de Caçador, Santa Catarina.

Jaison Caetano da Silva, Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)

Doutorando em Administração pela Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI). Mestre em Administração pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Especialista em Gestão Estratégica de Finanças, Contabilidade e Controladoria pela Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP). Graduado em Matemática e em Administração pela UNIARP.

Nelson Hein, Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Pós-doutor pela Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e pela Universidade do Novo México, Estados Unidos. Doutor e mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Especialista em Ensino de Ciências/Matemática pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB). Graduado em Ciências e em Matemática pela FURB. Professor do Departamento de Matemática; e no Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC) na FURB. Coordena o grupo de Estudos MULTIVAR.

Maria José Carvalho de Souza Domingues, Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre e graduada em Administração  pela UFSC. É professora titular da Universidade Regional de Blumenau (FURB), no Departamento de Administração. Nos Programas de Pós-Graduação em Administração e de Ciências Contábeis, ministra disciplinas e desenvolve pesquisas relacionadas à gestão universitária e a tecnologias no ensino.

Adriana Kroenke, Universidade Regional de Blumenau (FURB)

Doutora pelo Programa de Métodos Numéricos e Engenharia da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade Regional de Blumenau (FURB). Graduada em Matemática pela Universidade Regional de Blumenau (FURB). Professora do Departamento de Matemática na FURB. Atualmente, é professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Administração e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis na FURB. Integrante do grupo de estudos MULTIVAR.

Referências

BAGGI, C. A. S.; LOPES, D. A. Evasão e avaliação institucional no ensino superior: uma discussão bibliográfica. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, São Paulo, v. 16, n. 2, p. 355-74, 2011.

BENTES, S. R.; MENEZES, R.; MENDES, D. A. Entropic measures in nonlinear dynamics. In: SALGUEIRO, M. F.; MENDES, D. A.; MARTINS, L. F. (Ed.). Temas em métodos quantitativos. Lisboa: Edições Sílabo, 2009.

BRAGA, M. M.; PEIXOTO, M. C. L.; BOGUTCHI, T. F. A evasão no ensino superior brasileiro: o caso da UFMG. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Sorocaba, v. 8, n. 3, p. 161-89, 2003.

CUNHA, J. V. A.; LUCA, M. M. M.; LIMA, G. A. S. F.; CORNACCHIONE JR, E. B.; OTT, E. Quem está ficando para trás? Uma década de evasão nos cursos brasileiros de graduação em Administração de Empresas e Ciências Contábeis. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Brasília, v. 9, n. 2, p. 124-42, 2015.

CUNHA, J. V. A.; NASCIMENTO, E. M.; OLIVEIRA DURSO, S. Razões e influências para a evasão universitária: um estudo com estudantes ingressantes nos cursos de Ciências Contábeis de instituições públicas federais da Região Sudeste. Advances in Scientific and Applied Accounting, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 141-61, 2016.

DIAKOULAKI, D.; MAVROTAS, G.; PAPAYANNAKIS, L. Determining objective weights in multiple criteria problems: the critic method. Computers & Operations Research, Amsterdã, v. 22, n. 7, p. 763-70, 1995.

GAMBIRAGE, C.; BOHN, A. C.; HEIN, N.; SILVA, J.; DOMINGUES, M. J. C. S. Elementos de satisfação dos estudantes de cursos de pós-graduação lato sensu em uma instituição do sistema ACAFE no meio-oeste catarinense. Revista Meta Avaliação, Rio de Janeiro, v. 9, n. 27, p. 433-63, 2017a.

GAMBIRAGE, C.; XAVIER, W. G.; SILVA, J.; GREENE, F.; GANDONOU, J. M. Economic performance of private higher education institutions in distance education through mergers and acquisitions. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, Florianópolis, v. 10, n. 1, p. 252-84, 2017b.

GATI, I.; SAKA, N. High school students' career‐related decision‐making difficulties. Journal of Counseling & Development, Weinheim, v. 79, n. 3, p. 331-40, 2001.

GISI, M. L. A Educação Superior no Brasil e o caráter de desigualdade do acesso e da permanência. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 6, n. 17, p. 97-112, 2006.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA [INEP]. Censo da Educação Superior. INEP, Brasília-DF, 2017. Disponível em: https://inep.gov.br/censo-da-educacao-superior. Acesso em: 30 dez. 2019.

LAS CASAS, A. L.; GUEVARA, A. J. H.; MERIGHI, C. C. Avaliação de serviços em Instituições de Ensino Superior para o Desenvolvimento Local. Interações, Campo Grande, v. 14, p. 11-24, 2013.

LEAL, E. A.; MIRANDA, G. J.; CARMO, C. R. S. Teoria da autodeterminação: uma análise da motivação dos estudantes do curso de ciências contábeis. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 24, n. 62, p. 162-73, 2013.

LUNA, I. N.; BARDAGI, M. P.; GAIKOSKI, M. M.; MELO, F. D. S. Empresas juniores como espaço de desenvolvimento de carreira na graduação: reflexões a partir de uma experiência de estágio. Revista Psicologia Organizações e Trabalho, Florianópolis, v. 14, n. 4, p. 441-51, 2014.

NJOKU, J. C.; HEIJDEN, B. I. V. D.; INANGA, E. L. Fusion of expertise among accounting faculty: towards an expertise model for academia in accounting. Critical Perspectives on Accounting, Amsterdã, v. 21, n. 1, p. 51-62, 2010.

OLIVEIRA, R. T. D.; BARBOSA, E. D. Retenção dos discentes de Administração da UFS: fatores condicionantes e ações da gestão acadêmica. Administração: Ensino e Pesquisa, Rio de Janeiro, v. 17, n. 2, p. 355-80, 2016.

OSBORNE, J. W.; JONES, B. D. Identification with academics and motivation to achieve in school: how the structure of the self influences academic outcomes. Educational Psychology Review, Berlim, v. 23, n. 1, p. 131-58, 2011.

PIERRE, K. S. T.; WILSON, R. M. S.; RAVENSCROFT, S. P.; REBELE, J. E. The role of accounting education research in our discipline: an editorial. Issues in Accounting Education, Atlanta, v. 24, n. 2, p. 112-130, 2009.

RAMOS, F. M.; NEZ, E. D.; HEIN, N. Ranking das instituições de Ensino Superior do Sistema ACAFE a partir dos indicadores de desempenho econômico, financeiro e de atividades. Pensar Contábil, Rio de Janeiro, v. 16, n. 30, p. 52-60, 2014.

SILVA, A. M.; SAUAIA, A. C. A. Evasão e qualidade em instituições de Ensino Superior privadas: uma análise da economia dos custos de transação. Administração: Ensino e Pesquisa, Rio de Janeiro, v. 15, n. 4, p. 805-30, 2014.

SILVA FILHO, R. L. L.; MOTEJUNAS, P. R.; HIPÓLITO, O.; LOBO, M. B. C. M. A evasão no ensino superior brasileiro. Cadernos de pesquisa, Maranhão, v. 37, n. 132, p. 641-59, 2007.

TROELSEN, R.; LAURSEN, P. F. Is drop‐out from university dependent on national culture and policy? The Case of Denmark. European Journal of Education, Weinheim, v. 49, n. 4, p. 484-96, 2014.

WOLTER, S. C.; DIEM, A.; MESSER, D. Drop‐outs from swiss universities: an empirical analysis of data on all students between 1975 and 2008. European Journal of Education, Weinheim, v. 49, n. 4, p. 471-83, 2014.

Publicado
2021-11-03
Como Citar
Gambirage, C., Silva, J. C. da, Hein, N., Domingues, M. J. C. de S., & Kroenke, A. (2021). Entre razões e emoções da evasão universitária, o contexto importa? Uma análise das instituições comunitárias catarinenses. Interações (Campo Grande), 22(3), 715-730. https://doi.org/10.20435/inter.v22i3.2881