Turismo como instrumento dinamizador do Corredor Rodoviário Bioceânico

Palavras-chave: corredor bioceânico, turismo, inovações.

Resumo

O turismo possui grande potencial para acelerar o crescimento econômico através do Corredor Rodoviário Bioceânico, que conectará o Atlântico ao Pacífico cruzando Brasil, Paraguai, Argentina e Chile, desde Porto Murtinho, no Centro Oeste do Brasil, até Antofagasta, no norte do Chile. Com boa gestão e a governança apropriada, o turismo pode gerar empregos de qualidade e reduzir a pobreza, bem como criar incentivos para a proteção ambiental. A promoção do turismo ao longo do Corredor Rodoviário também pode ser um instrumento para uma transição gradual em direção a uma economia mais inclusiva, resiliente e sustentável. As mudanças esperadas, no entanto, dependem não apenas da instalação de uma infraestrutura moderna. O sucesso estará condicionado ao desenvolvimento de parcerias público-privadas, envolvendo os diversos atores interessados, à integração de empresas do setor de turismo a empresas de outros setores ao longo da cadeia de valor, à melhoria da produção de estatísticas e análises setoriais, bem como à educação e treinamento vocacional, com o apoio das universidades locais. Os tomadores de decisão precisam entender que resultados positivos serão mais facilmente atingidos se todos os países unirem esforços e garantirem o uso sustentável dos ecossistemas. Por fim, apesar das atuais restrições orçamentárias, é possível avançar explorando mecanismos de financiamento inovadores e garantindo o uso efetivo das capacidades das universidades e do setor privado.

Biografia do Autor

João Carlos Parkinson de Castro, Ministério das Relações Exteriores
Graduação em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Ministério das Relações Exteriores

Referências

ORGANISATION FOR ECONOMIC COOPERATION AND DEVELOPMEN (OECD). OECD tourism trends and policies. Paris: OECD Publishing, 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1787/tour-2018-en. Acesso em: 3 jan. 2019

WORLD TOURISM ORGANIZATION (UNWTO). Tourism and the sustainable development goals – journey to 2030. Madrid: UNTWO, 2017a.

WORLD TOURISM ORGANIZATION (UNWTO). World Tourism Organization compendium of tourism statistics. Data 2011-2015. Madrid: UNTWO, 2017b.

WORLD BANK GROUP. Global investment promotion best practices: winning tourism investment. Washington, DC: World Bank, 2013. Disponível em: https://openknowledge.worldbank.org/handle/10986/20766. Acesso em: 3 jan. 2019

Publicado
2019-07-30