Turismo de observação de aves no Chaco: oportunidades e desafios ao Corredor Bioceânico, segmento Brasil / Paraguai

Palavras-chave: Birdwatching, Porto Murtinho, roteiro integrado, sustentabilidade, conservação socioambiental.

Resumo

A região de fronteira entre Brasil e Paraguai, no estado de Mato Grosso do Sul, encontra-se no centro de um dos Corredores Bioceânicos propostos e contempla áreas naturais de Chaco e Pantanal com exuberante biodiversidade. O ecoturismo tem na biodiversidade sua principal fonte de insumos, onde se destaca o turismo de observação de aves. Além de conectar territórios para viabilizar uma cadeia produtiva específica, o corredor logístico pode integrar pessoas e grupos sociais, e criar novas oportunidades de valorização dos ambientes naturais por meio do ecoturismo. O objetivo deste trabalho é propor roteiros integrados para o turismo de observação de aves na fronteira entre Brasil e Paraguai como estratégia de conservação da biodiversidade, inclusão social, dinamização econômica e valorização cultural das comunidades localizadas nos territórios de influência do Corredor Bioceânico. O trabalho foi desenvolvido entre 2002 e 2018 em Porto Murtinho (Brasil), Carmelo Peralta, departamento de Alto Paraguay, Concepción, Presidente Hayes e Boquerón (Paraguai). Foram identificados 10 potenciais roteiros para o turismo de observação de aves, dos quais, cinco encontram-se em Porto Murtinho, dois binacionais (Brasil/Paraguai), e outros três no Paraguai. Os roteiros envolvem locais com alta diversidade de aves: Parque Natural Municipal da Cachoeira do Apa, Parque Nacional Defensores del Chaco, Parque Nacional Médanos del Chaco, além de Reservas Privadas e a Reserva da Biosfera do Chaco no Paraguai. Ao todo, somam-se mais de 400 espécies de aves, entre endêmicas, migratórias, raras e ameaçadas. Esse segmento turístico representa um dos diversos modelos para o desenvolvimento sustentável da região do Corredor Bioceânico. Além disso, a proposta de roteiros integrados de birdwatching no Chaco reflete o potencial transfronteiriço do segmento e pode estimular a melhoria dos destinos, a geração de renda, a identificação de novos produtos e ampliar a qualidade da experiência do turista observador. 

Biografia do Autor

Simone Mamede, UNIDERP Instituto Mamede de Pesquisa Ambiental e Ecoturismo

Pesquisadora em biodiversidade, bióloga, educadora ambiental, graduada em gestão do turismo. Mestre em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional. Doutoranda em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional pela UNIDERP. Sócio-diretora do Instituto Mamede de Pesquisa Ambiental e Ecoturismo

Maristela Benites, Instituto Mamede de Pesquisa Ambiental e Ecoturismo Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS

Bióloga, pesquisadora em ornitofauna, educadora ambiental, pesquisadora em ecoturismo. Mestre em Ecologia e Conservação pela UFMS. Acadêmica do curso de Geografia - UEMS.

Alberto Esquivel, World Wildlife Fund

Biólogo. Ph.D. em Ornitologia 

Pesquisador em ornitologia World Wildlife Fund - Paraguay

Pesquisa aves do Paraguai, em especial da Mata Atlântica e desenvolve projetos para ajudar a conservar a biodiversidade de seu país.

Robert Clay, Oficina Ejecutiva de la Red Hemisférica de Reservas para Aves Playeras - Paraguay
Rob Clay has been active in migratory bird conservation in the Western Hemisphere for more than 20 years. A native of the United Kingdom, his interest in Neotropical birds and conservation began during an undergraduate expedition to Paraguay in 1992, which led to Ph.D. studies of manakins in Costa Rica and Panama.
Geancarlo de Lima Merighi, Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul
Turismólogo, Diretor de Desenvolvimento do Turismo e Mercado da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul. 
Cleber José Rodrigues Alho, Universidade para o Desenvolvimento do Estado e Região do Pantanal - UNIDERP

Ph.D. em Ecologia (obtido em 1977) pela University of North Carolina at Chapel Hill (UNC), EE.UU.

Professor titular aposentado da Universidade de Brasília-DF 

Professor orientador do Programa de Pós-graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional da Uniderp- Campo Grande-MS

Referências

BAUMANN, Matthias; ISRAEL, Christoph; PIQUER-RODRÍGUEZ, Maria; GAVIER-PIZARRO, Gregorio Ignacio. Deforestation and cattle expansion in the Paraguayan Chaco 1987-2012. Regional Environmental Change, Dordrecht, v. 17, n. 4, p. 1179-91, 2017.

BENITES, Maristela; MAMEDE, Simone; CARVALHO, Guto; ALHO, Cleber JR. Assessment of avian occurrence in the Brazilian chaco. Avian & Wildlife Biology, Oklahoma, v. 2, n. 4, p. 99-113, 2017.

BIRDLIFE INTERNATIONAL. Important Bird Areas fact sheet: Lagunas Saladas - Riacho Yacaré. [S.d.]. Disponível em: http://www.birdlife.org. Acesso em: 1º fev. 2019.

CHAMBER, Bradnee. 60 Million american birdwatchers chase ever-shrinking quarry. Live Science, New York, 2014. Disponível em: https://www.livescience.com/45514-bird-numbers-plummet-but-birdwatching-popular.html. Acesso em: 20 jan. 2019.

CHESSER, Terri. R. Migration in South America: an overview of the Austral system. Bird Conservation International, Cambridge, v. 4, n. 2-3, p. 91-107, 1994.

COLE, James S.; SCOTT, David. Segmenting participation in wildlife watching: A comparison of casual wildlife watchers and serious birders. Human Dimensions of Wildlife, Fort Collins, v. 4, n. 4, p. 44-61, 1999.

COOPER, Caren B.; SMITH, Jennifer A. Gender patterns in bird-related recreation in the USA and UK. Ecology and Society, Wolfville, v. 15, n. 4, p. 1-13, 2010.

CRACRAFT, Joel. Biological diversification and its causes. Annals of the Missouri Botanical Garden, Missouri, v. 72, n. 4, p. 794-822, 1985.

DELHEY, Kaspar V.; SCOROLLI, Alberto L. Abundancia relativa y estatus de residencia del pepitero chico (Saltatricula multicolor) en el sudoeste de la provincia de Buenos Aires, Argentina. El Hornero, Buenos Aires, v. 17, n. 1, p. 41-4, 2002.

FONSECA, Rafael O. Compensação ambiental: da contradição à valoração do meio ambiente no Brasil. Sociedade & Natureza, Uberlândia, v. 27, n. 2, 2015.

FRANÇA, Maristela O.; PIRANI, Rodrigo, M. M. Políticas e instrumentos de desenvolvimento territorial em ambiente de fronteira - reflexões e aprendizados. Interações, Campo Grande, v. 14, n. especial, p. 37-48, 2013.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. 18. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

GROOT, Rudolf S.; ALKEMADE, Rob; BRAAT, Leon; HEIN, Lars G.; WILLEMEN, Louise. Challenges in integrating the concept of ecosystem services and values in landscape planning, management and decision making. Ecological Complexity, Leicester, v. 7, n. 3, p. 260-72, 2010.

GUYRA PARAGUAY. Lista comentada de las aves de Paraguay. Asunción: Guyra Paraguay, 2004.

HAYES, Floyd E.; SCHARF, Paul A.; RIDGELY, Robert S. Austral Bird Migrants in Paraguay. The Condor, Washington, v. 96, n. 1, p. 83-97, 1994.

IUCN. The IUCN Red List of threatened species. Alectrurus risora. [S.d]. Disponível em: https://www.iucnredlist.org/species/22700303/93768087. Acesso em: 27 jan. 2019.

KJOLSROD, Lise. You can really start birdwatching in your backyard, and from there the sky’s the limit. In: KJOLSROD, Lise (Ed.). Leisure as source of knowledge, social resilience and public commitment. Leisure Studies in a Global Era. London: Palgrave Macmillan, 2019.

LEFF, Enrique. Ecologia, capital e cultura: a territorialização da racionalidade ambiental. Petrópolis: Vozes, 2009.

MAMEDE, Simone; MATA, Paola Santos; BENITES, Maristela; SENDODA, Andrea M.; PLUMEY, Bruno. Expedição científica biofronteira do Pantanal: diagnóstico para proposições de manejo à mastofauna na fronteira do Brasil com o Paraguai. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOZOOLOGIA, 4., 11-22 ago. 2008, São Lourenço, MG. Resumos eletrônicos […]. São Lourenço: UFMG, 2008. Disponível em: http://sbmz.org/wp-content/uploads/2017/09/Livro-de-Resumos-CBMz-2008red.pdf. Acesso em: 20 jan. 2019.

PIACENTINI, Vitor Q. et al. Annotated checklist of the birds of Brazil by the Brazilian Ornithological Records Committee/Lista comentada das aves do Brasil pelo Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos. Revista Brasileira de Ornitologia. Revista Brasileira de Ornitologia, Rio Grande, v. 23, n. 2, p. 90-298, 2015.

PIQUER-RODRÍGUEZ, María; BUTSIC, Van; GÄRTNER, Philipp; MACCHI, L.;. BAUMANN, M; GAVIER PIZARRO, G.; VOLANTE, J. N.; GASPARRI, I. N. M.; KUEMMER, T. Drivers of agricultural land-use change in the Argentine Pampas and Chaco regions. Applied geography, Kennesaw, v. 91, p. 111-22, 2018.

POTT, Arnildo. Vegetação. Plano de Conservação da Bacia do Alto Paraguai (PCBAP). Diagnóstico dos meios físico e biótico: meio biótico. v. 2, tomo 3. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 1997.

POTT, Arnildo; OLIVEIRA, Ademir K. M.; DAMASCENO-JÚNIOR, Geraldo A; SILVA, J. S. V. Plant diversity of the Pantanal wetland. Brazilian Journal of Biology, São Carlos, v. 71, n. 1, p. 265-73, 2011.

PRADO, Darién E. What is the Gran Chaco vegetation in South America? A review. Contribution to the study of flora and vegetation of the Chaco V. Candollea, Genebra, v. 48, p. 145-72, 1993.

PRADO, Darién E.; GIBBS, Peter E.; POTT, Arnildo; POTT, Vali J. The Chaco-Pantanal transition in southern Mato Grosso, Brazil. In: FURLEY, Peter A; PROCTOR, John; RATTER, John A. (Ed.). Nature and dynamics of forest-savanna boundaries. 5. ed. London: Chapman & Hall, 1992.

PROMPERÚ. Perfil del Observador de aves: el turismo en cifras - 2013. Lima: Comisión de la Promoción del Perú para la Exportación y el Turismo (PromPerú), 2014.

RIBEIRO, Mara. A. A espetacularização da natureza no Pantanal. Interações, Campo Grande, MS, v. 19, n. 4, p. 803-12, out./dez. 2018.

SHORT, Lester L. A zoogeographic analysis of the South American Chaco avifauna. Bulletin of the AMNH, New York, v. 154, n. 3, p. 163-352, 1975.

SICK, Helmut. Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1997.

SIGRIST, Tomas. Guia de campo Avis Brasilis - Avifauna Brasileira. São Paulo: Avis Brasilis, 2013.

SILOTTI, Regis. V. Saltatricula multicolor (Burmeister, 1860), 2015. WA1903214. WikiAves - A Enciclopédia das Aves do Brasil. Disponível em: http://www.wikiaves.com/1903214. Acesso em: 02 abr. 2017.

SILVA, João V.; CAPUTO, Ana C. B. Localização e distribuição da vegetação Savana Estépica (Chaco) no Pantanal brasileiro. In: Simpósio de Geotecnologias no Pantanal, 3. 2010, Cáceres. Anais eletrônicos [...]. Cáceres: Embrapa Informática Agropecuária/INPE, 2010. p. 314-23. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/23282/1/p226.pdf. Acesso em: 2 set. 2018.

SILVA, Marta P.; MAURO, Rodiney A.; ABDON, Myrian; et al. Estado de Conservação do Chaco (Savana Estépica) brasileiro. In: SIMPÓSIO NACIONAL CERRADO, 9., SIMPÓSIO INTERNACIONAL SAVANAS TROPICAIS, 2., Planaltina. Anais eletrônicos […]. Brasília: Embrapa Cerrados, 2008. Disponível em: http://simposio.cpac.embrapa.br/simposio%20em%20pc210%20(Pc210)/trabalhos_pdf/00789_trab1_ap.pdf. Acesso em: 2 set. 2018.

SILVA, Roberto; KAWANO, Bruno; MORES, Giana; BLOIS, Henrique Dias. Exportação da soja brasileira: será o corredor bioceânico uma alternativa para o seu escoamento? Revista Teoria e Evidência Econômica, Passo Fundo, v. 17, n. 36, p. 126-42, 2011.

STRAUBE, Fernando C.; DI GIÁCOMO, Adrian. A avifauna das regiões subtropical e temperada do Neotrópico: desafios biogeográficos. Ciência & Ambiente, Santa Maria, n. 35, p. 137-66, 2007.

STRAUBE, Fernando C.; URBEN-FILHO, Alberto; PIVATTO, Maria A. C.; NUNES, Alessandro Pacheco; TOMÁS, Walfrido Moraes. Nova contribuição à ornitologia do Chaco brasileiro (Mato Grosso do Sul, Brasil). Atualidades ornitológicas, v. 134, p. 1-27, 2006a.

STRAUBE, Fernando C.; URBEN-FILHO, Alberto; NUNES, Alessandro P.; TOMÁS, Walfrido Moraes; VIEIRA-DA-ROCHA, Maria Cecília. Avifauna do Pantanal de Nabileque (Mato Grosso do Sul, Brasil). Atualidades Ornitológicas, Ivaiporã, v. 134, p. 28-50, 2006b.

The Nature Conservancy (TNC); Fundación Vida Silvestre Argentina (FVSA); Fundación para el Desarrollo Sustentable del Chaco (DeSdel Chaco); y Wildlife Conservation Society Bolivia (WCS). Evaluación Ecorregional del Gran Chaco Americano / Gran Chaco Americano Ecoregional Assessment. Buenos Aires: Fundación Vida Silvestre Argentina, 2005.

TUBELIS, Dárius P.; TOMAS, Walfrido M. Birds species of the Pantanal wetland, Brazil. Ararajuba, Rio Grande, v. 11, n. 1, p. 5-37, 2003.

U.S. FISH; WILDLIFE SERVICE. 2016 National survey of fishing, hunting, and wildlife-associated recreation. U.S. Department of the Interior, U.S. Fish and Wildlife Service, and U.S. Department of Commerce, U.S. Census Bureau. Disponível em: https://wsfrprograms.fws.gov/subpages/nationalsurvey/nat_survey2016.pdf. Acesso em: 2 set. 2018.

ZYSKOWSKI, Kristof.; ROBBINS, Mark. B.; PETERSON, Andrew; ZYSKOWSKI, Kimberly. Avifauna of the northern Paraguayan Chaco. Ornitología neotropical, Buenos Aires, v. 14, p. 247-62, 2003

Publicado
2019-07-30