Comercialização por agricultores familiares em feiras municipais: quantificação, participação, e localização no estado de Goiás

Palavras-chave: cadeias curtas, feira-livre, mercado, desenvolvimento local.

Resumo

O objetivo deste estudo é identificar a relevância das feiras municipais para a inserção comercial de agricultores familiares. A pesquisa, realizada em 201 municípios goianos, revela que 88% dos municípios estudados possuem feiras regulares. Destas, 67,16% contam com participação efetiva de agricultores familiares. Foram identificados clusters de municípios com maior presença de feiras da agricultura familiar.

Biografia do Autor

Thiago de Carvalho Verano, Discente - Programde de Pós Graduação em Agronegócio (PPAGRO), Universidade Federal de Goiás (UFG)
Graduado em Agronomia pela Universidade Federal de Goiás (2005), Especialista em Agricultura Familiar Camponesa e Educação do Campo pela UFG (2007), mestre em Agronegócio pelo Programa de Pós Graduação em Agronegócio (UFG) e doutrando no referido programa.
Gabriel da Silva Medina, Docente - Programa de Pós Graduação em Agronegócio (PPAGRO), Universidade Federal de Goiás (UFG)
Professor da Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás atuando nos cursos de graduação em ciências agrárias e no Programa de Pós-graduação em Agronegócio, no campus de Goiânia. Pós-doutor em Políticas Ambientais pelo Imperial College London (Reino Unido) (2014) com bolsa da Capes. Doutor em Ciências Naturais pela Universidade de Freiburg (Alemanha) (2008), revalidado como doutor em Ciências Agrárias. Licenciado Pleno em Ciências Agrárias com mestrado em Agriculturas Familiares (2001) e Desenvolvimento Sustentável pela Universidade Federal do Pará (2003). Coordenador do Programa de Pós-graduação em Agronegócio da UFG. Pesquisador visitante da Iowa State University em 2017 com bolsa Fulbright.

Referências

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social. Mapeamento de segurança alimentar e nutricional nos estados e municípios: resultados preliminares. Brasília: MDS, 2014. Disponível em: http://www.mds.gov.br/webarquivos/publicacao/seguranca_alimentar/mapa_san_resultados_preliminares.pdf. Acesso em: 3 jun. 2017.

CASSOL, Abel; SCHNEIDER, Sérgio. Construindo a confiança nas cadeias curtas: interações sociais, valores e qualidade na Feira do Pequeno Produtor de Passo Fundo-RS. In: SCHNEIDER, Sérgio; GAZOLLA, Márcio. Cadeias curtas e redes agroalimentares alternativas – negócios e mercados da agricultura familiar. 1. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2017.

DAROLT, Moacir et al. Redes alimentares alternativas e novas relações produção consumo na França e no Brasil. Ambiente e Sociedade, São Paulo. v.19, n.2, p. 1-22, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/asoc/v19n2/pt_1809-4422-asoc-19-02-00001.pdf. Acesso em: 10 dez. 2017.

CONTERATO, Marcelo Antônio; NIEDERLE, Paulo André; RADOMSKY, Guilherme; SCHNEIDER, Sérgio. Mercantilização e mercados : a construção da diversidade da agricultura na ruralidade contemporânea. In: SCHNEIDER, Sérgio; GAZOLLA, Márcio. Os atores do desenvolvimento rural: perspectivas teóricas e práticas sociais. 1. ed. Porto Alegre: editora da UFRGS, 2011. Disponível em <http://www.ufrgs.br/pgdr/publicacoes/producaotextual/marcelo-conterato/conterato-marcelo-niederle-paulo-andre-radomsky-guilherme-f-w-schneider-s-mercantilizacao-e-mercados-a-construcao-da-diversidade-da-agricultura-na-ruralidade-contemporanea-in-sergio-schneider-marcio-gazolla-org-os-atores-do-desenvolvimento-rural>. Acesso em 20 fevereiro, 2018

CORCIOLI, Graciella; CAMARGO, Ricardo de Siqueira. Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). In: MEDINA, Gabriel (Org.). Agricultura Familiar em Goiás: lições para o assessoramento técnico. 4. ed. Goiânia: Editora UFG, 2018. Disponível em: https://www.cegraf.ufg.br/up/688/o/ebook_agricultura_familia_18.pdf. Acesso em: 20 mar. 2019.

GODOY, Wilson Itamar. As feiras-livres de Pelotas, RS: estudo sobre a dimensão sócio-econômica de um sistema local de comercialização. Orientador: Flavio Sacco dos Anjos, 2005. 268 p. Tese (Doutorado em Agronomia) - Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Universidade Federal de Pelotas, Rio Grande do Sul, 2005. Disponível em: < https://wp.ufpel.edu.br/consagro/files/2012/03/GODOY-Feiras-Livres-2005.pdf>. Acesso em: 25 novembro 2017.

INSTITUTO MAURO BORGES DE ESTATÍSTICAS E ESTUDOS SOCIOECONOMICOS. Banco de dados estatísticos de Goiás. Goiânia: IMB, 2014. Disponível em: http://www.imb.go.gov.br/visaogeral/index.html#sthash.MP5wwHc4.dpuf. Acesso em: 15 mar. 2018.

MALUF, Renato. Mercados agroalimentares e a agricultura familiar no Brasil : agregação de valor , cadeias integradas e circuitos regionais. Ensaios FEE, Porto Alegre, v. 25, n. 1, p. 299-322, 2004. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/277108037_Mercados_agroalimentares_e_a_agricultura_familiar_no_Brasil_agregacao_de_valor_cadeias_integradas_e_circuitos_regionais. Acesso em: 17 mar. 2017.

MORENO, Maria Luíza Gomez. Desarollo rural vs. desarollo local. Estudios Geográficos, Espanha, v. 72, n. 270, p. 77-102, 2011. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=3682451. Acesso em: 19 mar. 2019.

PLOEG, Jan, et al. Rural Development : From Practices and Policies towards Theory. Sociologia Ruralis, Oxford, v. 40, n. 4, p. 391–408, 2000. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/227786245_Rural_Development_From_Practices_and_Policies_Towards_Theory>. Acesso em 19 março 2017.

SABOURIN, Eric. Comercialização dos produtos agrícolas e reciprocidade no Brasil. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, v. 21, n. 1, p. 5-33, 2013. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/259713930_Comercializacao_dos_produtos_agricolas_e_reciprocidade_no_Brasil. Acesso em: 7 mar. 2017.

SCHNEIDER, Sérgio; GAZOLLA, Márcio. Cadeias curtas e redes agroalimentares alternativas – negócios e mercados da agricultura familiar. 1. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2017.

VERANO, Thiago de Carvalho. Feiras municipais como alternativa de comercialização para agricultores familiares. Orientador: Gabriel da Silva Medina: 2019. 95p. Dissertação (Mestrado em Agronegócio) - Escola de Agronomia, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO, 2019. Disponível em: http://ppgagro.agro.ufg.br/up/170/o/Disserta%C3%A7%C3%A3o_-_Thiago_de_Carvalho_Verano.pdf. Acesso em: 10 mar. 2019.

WILKINSON, John. Os gigantes da indústria alimentar entre a grande distribuição e os novos clusters a montante. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, n. 18, p. 147-74, 2002.

WILKINSON, John. A agricultura familiar ante o novo padrão de competitividade do sistema agroalimentar na América Latina. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro v. 1, 2003.

Publicado
2019-11-05