Fatores condicionantes do desenvolvimento socioeconômico na América Latina: uma análise sob a perspectiva do PIB e dos indicadores globais de governança

Palavras-chave: desenvolvimento socioeconômico, indicadores de governança, América Latina.

Resumo

O objetivo deste artigo foi ampliar a discussão sobre a relação entre o desenvolvimento socioeconômico e os indicadores de governança na América Latina, entre 2000 e 2014. Quanto aos aspectos metodológicos, empregou-se o modelo de regressão com dados em painel utilizando dados secundários. O uso da modelagem de dados em painel permitiu identificar impactos positivos das boas práticas de governança e do Produto Interno Bruto (PIB) sobre o desenvolvimento socioeconômico, e impactos negativos da Qualidade Regulatória em todos os cenários estimados.

Biografia do Autor

Francisco Aquiles de Oliveira Caetano, Universidade Federal do Ceará - UFC
Doutorando em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Mestre em Economia Rural pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (2014). É membro do Laboratório do Semiárido (LabSar), pertencente ao Departamento de Economia Agrícola (DEA), da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência de pesquisa na área de Economia Agrária, Desenvolvimento Rural, Desertificação, Pobreza e Exclusão Social.
Jair Andrade de Araújo, Universidade Federal do Ceará - UFC, Campus do Pici, Fortaleza, Ceará.
Doutor em Economia pela Universidade Federal do Ceará-CAEN (2009). Mestre em Economia Rural pela UFC (2002). Graduado em Engenharia de Pesca pela UFC (2000). Coordenador do Mestrado Acadêmico em Economia Rural (MAER) do período 2014-2016. Pesquisador do grupo de pesquisa Núcleo de Estudos sobre Economia Aplicada, Pobreza e Desenvolvimento (NEAPD/MAER). Professor Adjunto da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Crescimento Econômico, atuando principalmente nos seguintes temas: Crescimento Econômico, Desigualdade e Pobreza.
Ahmad Saeed Khan, Universidade Federal do Ceará - UFC, Campus do Pici, Fortaleza, Ceará.
Possui graduação em Agronomia - West Pakistan Agricultural University (1968), Mestrado em Economia Agrícola - West Pakistan Agricultural University (1970), Mestrado em Economia - Colorado State University (1973) e doutorado em Economia Agrícola e Recursos Naturais - Oregon State University (1977). Atualmente é Professor Emérito da Universidade Federal do Ceará. Membro do conselho editorial de várias revistas científicas. Tem experiência na área de Economias Agrárias e dos Recursos Naturais, atuando principalmente nos seguintes temas: Agricultura Familiar; Desenvolvimento Sustentável; Inovação Tecnológica e Geração de Emprego e Renda. Pesquisador 1A do CNPq.

Referências

ARELLANO, Manuel. Panel data econometrics: advanced texts in econometrics. Oxford: Oxford University Press, 2003.

BALTAGI, Badi. Econometric analysis of panel data. 3. ed. Chichester: John Wiley & Sons, 2005.

CAMPBELL, Kaycea. A statistical analysis of public sector corruption and economic growth. LUX: A Journal of Transdisciplinary Writing and Research from Claremont Graduate University, Claremont, v. 2, n. 1, p. 6, 2013.

COMISSÃO ECONÔMICA PARA A AMÉRICA LATINA E CARIBE (CEPAL). Panorama social da América Latina 2014. Santiago: Cepal, 2015. Disponível em: http://repositorio.cepal.org/bitstream/handle/11362/37626/6/S1420729_es.pdf. Acesso em: 21 dez. 2016

COMISSÃO SOBRE GOVERNANÇA GLOBAL. Nossa comunidade global - relatório da comissão sobre governança global. Rio de Janeiro: Editora FGV, 1996.

FINKELSTEIN, Lawrence S. What is global governance? Global governance, v. 1, n. 3, p. 367-72, 1995.

GAYGISIZ, Esma. How are cultural dimensions and governance quality related to socioeconomic development? The Journal of Socio-Economics, v. 47, p. 170-9, 2013.

GRINDLE, Merilee S. Good enough governance: poverty reduction and reform in developing countries. Governance, v. 17, n. 4, p. 525-48, 2004.

GUPTA, Sanjeev; DAVOODI, Hamid; ALONSO-TERME, Rosa. Does corruption affect income inequality and poverty? Economics of governance, v. 3, n. 1, p. 23-45, 2002.

HSIAO, C. Analysis of panel data. 2.ed. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.

INTERNATIONAL FEDERATION OF ACCOUNTANTS (IFAC). Good Governance in the Public Sector - Consultation Draft for na International Framework. 2013. Disponível em: http://www.ifac.org/system/files/publications/files/Good-Governance-in-the-Public-Sector.pdf. Acesso em: 30 nov. 2016.

JACQUES, Flávia V. S.; VICENTE, Ernesto F. R.; ENSSLIN, Sandra R. Indicadores de governança no setor público: bibliometria em artigos internacionais. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE CONTABILIDADE E AUDITORIA, 14., 10-11 out. 2013, Lisboa. Resumos [...]: Lisboa: OTOC, 2013.

JESSOP, Bob. The rise of governance and the risks of failure: the case of economic development. International social science journal, v. 50, n. 155, p. 29-45, 1998.

KAUFMANN, Daniel; KRAAY, Aart. Governance indicators: where are we, where should we be going. The World Bank research observer, v. 23, n. 1, p. 1-30, 2008.

KAUFMANN, Daniel; KRAAY, Aart; ZOIDO-LOBATÓN, Pablo. Governance Matters. World Bank policy research working paper, n. 2196. Washington, DC: World Bank, 1999.

KJAER, Anne Mette. Governance: key concepts. Cambridge, UK, 2004.

KLEVMARKEN, N. Anders. Panel studies: what can we learn from them?. European Economic Review, v. 33, p. 523-529, 1989.

KOOIMAN, Jan; VAN VLIET, Martijn. Governance and public management. Managing public organizations, p. 58-72, 1993.

MAURO, Paolo. Corruption and growth. The quarterly journal of economics, v. 110, n. 3, p. 681-712, 1995.

MOURA, Adriana Maria Magalhães. Caminhos para uma melhor governança na política ambiental brasileira. In: Monasterio, L. M.; Neri, M. C.; Soares, S. D. S. (Org.). Brasil em desenvolvimento 2014. Brasília: IPEA, 2014. p. 103-30.

MELO NETO, Francisco Paulo; BRENNAND, Jorgiana Melo. Empresas socialmente sustentáveis: o novo desafio da gestão moderna. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2004.

RAJKUMAR, Andrew S.; SWAROOP, Vinaya. Public spending and outcomes: does governance matter? Journal of Development Economics, v. 86, n. 1, p. 96-111, abr. 2008.

RANIS, Gustav; STEWART, Frances. Crecimiento económico y desarrollo humano en América Latina. Revista de la CEPAL, Santiago de Chile, n. 78, p. 7-24, dez. 2002.

RHODES, Rod A. W. Understanding governance: policy networks, governance, reflexivity and accountability. [S.l.]: Open university press, 1997.

SCHUMPETER, Joseph Alois. The theory of economic development: an inquiry into profits, capital, credit, interest, and the business cycle. Traduzido por Redvers Opie. Cambridge: Harvard University Press, 1961.

SEN, Amartya. Sobre ética e economia. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

STOKER, Gerry. Governance as theory: five propositions. International social science journal, v. 50, n. 155, p. 17-28, 1998.

STURM, Peter. Public sector governance and development performance: an international comparison with special focus on Vietnam. DEPOCEN - Working Paper Series, n. 2013/2, 2013. Disponível em: http://depocenwp.org/upload/pubs/2013/PeterSturm_VEAM%20full%20paper.pdf. Acesso em: 15 abr. 2017.

TIMMERS, Hans. Government governance: corporate governance in the public sector, why and how? In: FEE PUBLIC SECTOR CONFERENCE, 2000. Disponível em: http://www.ecgi.org/codes/documents/public_sector.pdf. Acesso em: 14 nov. 2016.

UNITED NATIONS DEVELOPMENT PROGRAMME (UNDP). Governance for sustainable human development: a UNDP policy document. United Nations Development Programme, 1997.

UNITED NATIONS DEVELOPMENT PROGRAMME (UNDP). Human Development Report 1990. Oxford: Oxford University Press, 1990.

UNITED NATIONS DEVELOPMENT PROGRAMME (UNDP). Human Development Report 2015. Nova York: Oxford University Press, 2015.

VIANA, Cristine Ferreira Gomes. Da seca como episódio à desertificação como processo: uma questão (não) institucionalizada. Orientador: Marcel Bursztyn. 2013. 244p. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Sustentável) - Universidade de Brasília (UNB), Brasília, DF, 2013.

WEISS, Thomas G. Governance, good governance and global governance: conceptual and actual challenges. Third World Quarterly, v. 21, n. 5, p. 795-814, 2000.

WOLFENSOHN, James D. Proposal for a comprehensive development framework [for World Bank policy]: a discussion draft. Agris, 1998. Disponível em: http://agris.fao.org/agris-search/search.do?recordID=GB2013200703. Acesso em: 17 abr. 2017.

WOOLDRIDGE, Jeffrey M. Econometric analysis of cross section and panel data. 2. ed. Massachusetts: MIT press, 2010.

WORLD BANK. Can Africa claim the 21st century? Washington, DC: The World Bank, 2000.

WORLD BANK. The Worldwide Governance Indicators (WGI). World Bank, 2017a. Disponível em: http://info.worldbank.org/governance/wgi/index.aspx#doc. Acesso em: 30 jan. 2017.

WORLD BANK. World Development Indicators Database. World Bank, 2017b. Disponível em: http://data.worldbank.org/. Acesso em: 30 jan. 2017.

YANG, Ko-Hsin Christina. Human development and government effectiveness. Georgetown: Georgetown University, 2010.

Publicado
2019-03-21