“Adoro, faço com carinho, com amor”: reza e benzeção em Irati, PR

  • William Franco Gonçalves Universidade Estadual do Centro Oeste - Unicentro
  • Oséias de Oliveira UNICENTRO, campus de Irati, PR, Brasil.
Palavras-chave: benzedeira, Irati, religiosidade.

Resumo

O presente artigo, utilizando a metodologia da História Oral, busca analisar a trajetória de vida da benzedeira Leoni, moradora da cidade de Irati, PR, com seus mais de sessenta anos de experiência nesse universo da benzeção. Leoni é umas das benzedeiras mais procuradas pelos moradores da cidade e até de outros municípios, chegando a receber em sua própria casa até cento e vinte pessoas em apenas um dia.

Biografia do Autor

William Franco Gonçalves, Universidade Estadual do Centro Oeste - Unicentro
Aluno do Mestrado em História da Universidade Estadual do Centro Oeste - Unicentro - PR
Oséias de Oliveira, UNICENTRO, campus de Irati, PR, Brasil.
Professor Adjunto do Departamento de História e Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO).

Referências

AZEVEDO, Gilson Xavier de; AZEVEDO, Janice Fernandes. Benzedeiras em Mircea Eliade, uma aproximação possível. Protestantismo em Revista, São Leopoldo, RS, v. 35, p. 54-64, set./dez. 2014.

AZEVEDO, Gilson Xavier de. Das vassouras aos ramos: o arquétipo das benzedeiras nas antigas bruxas medievais. Mandrágora, v. 21, n. 21, p. 119-33, 2015.

BRASIL. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Contagem Populacional. Disponível em: <ftp://ftp.ibge.gov.br/Estimativas_de_Populacao/Estimativas_2015/estimativa_dou_2015_20150915.pdf>. Acesso em: 04 de Fev. 2018

BRAZ, Graziele Margarida; OLIVEIRA, Oseias. Territorialidades religiosas e devoção privada em Irati, PR. Interações, Campo Grande, MS, v. 14, n. 1, p. 107-12, jan./jun. 2013.

CUNHA, Lidiane Alves da. Saberes e religiosidades de benzedeiras. Anais dos Simpósios da ABHR, v. 13, 2012. Disponível em: <http://www.abhr.org.br/plura/ojs/index.php/anais/article/view/565>.

ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano. 1. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

FANTINEL, Letícia Dias. Os significados do espaço e as sociabilidades organizacionais: estudo de um café em Salvador. 2012. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, 2012.

FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína. Usos e abusos da história oral. 8. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

GASPARETTO, Leoni Ferreira. Leoni Ferreira Gasparetto: depoimento [28/03/2014]. Entrevistador: William Franco Gonçalves. Irati, PR, 2014.

HOFFMANN-HOROCHOVSKI, Marisete T. Benzeduras, garrafadas e costuras: considerações sobre a prática da benzeção. Guaju, Matinhos, PR, v. 1, n. 2, p. 110-26, jul./dez. 2015.

______. Velhas benzedeiras. Mediações, Londrina, PR, v. 17, n. 2, p. 126-40, jul./dez. 2012.

MOURA, Elen Cristina Dias de. Eu te benzo, eu te livro, eu te curo: nas teias do ritual de benzeção. Mneme - Revista de Humanidades, Natal, RN, v. 11, n. 29, p. 340-69, jan./jul. 2011.

NERY, Vanda Cunha. Rezas, crenças, simpatias e benzeções: costumes e tradições do ritual de cura pela fé. In: ENCONTRO DOS NÚCLEOS DE PESQUISAS DA INTERCOM, 6. Disponível em: < http://www.portcom.intercom.org.br/pdfs/120415399193864084132347838529996558992.pdf http://intercom.org.br>. Acesso em: 18 ago. 2016.

OLIVEIRA, Elda Rizzo. O que é benzeção. São Paulo: Brasiliense, 1985.

OLIVEIRA, Oseias; KAVILHUKA, Rosenilda. Cultura, memória e religião em Irati, PR: narrativas sobre Albertina Nascimento dos Santos. Multitemas, Campo Grande, MS, n. 46, p. 13-26, jul./dez. 2014.

QUINTANA, Alberto M. A ciência da Benzedura: mau olhado, simpatias e uma pitada de psicanálise. Bauru, SP: EDUSC, 1999.

VAZ, Vania. As benzedeiras da cidade de Irati: suas experiências com o mundo, e o mundo da benzeção. 2006. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, 2006.

Publicado
2018-02-26