Educação para aposentadoria: avaliação dos impactos de um programa para melhorar qualidade de vida pós-trabalho

  • Lusineide Ferreira Martins Universidade Católica Dom Bosco
  • Elisa Silva Borges UCDB
Palavras-chave: trabalho, aposentadoria, Programa de Preparação para Aposentadoria.

Resumo

A transição para aposentadoria pode eliciar crises no sujeito, assim o Programa de Educação para Aposentadoria foi desenvolvido a fim de auxiliar os servidores públicos nesse processo. O objetivo do artigo foi de relatar a experiência da implantação deste. Os métodos empregados foram: revisão da literatura, entrevistas, Escala de Mudança em Comportamento de Planejamento em Aposentadoria e Rodas de Conversa. Após avaliação do Programa, houve mudanças nas intenções e comportamentos.

Biografia do Autor

Lusineide Ferreira Martins, Universidade Católica Dom Bosco

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB-2008). Especialização em Psicologia do Trabalho: Gestão em Qualidade - UCDB (2014). Mestre em Psicologia da Saúde - UCDB (2017). Atualmente é professora do curso de graduação em Psicologia. Atua como psicóloga no Serviço Escola de Psicologia da UCDB. Orienta os Trabalhos de Conclusão de Curso nas Pós-graduação em Saúde Mental e Psicologia do Trabalho, na UCDB Virtual.

Elisa Silva Borges, UCDB
Psicóloga (UFMG), com especialização (UCDB) e mestrado (UFSCar) na área de saúde do trabalhador. Trabalhou com projetos de saúde mental e economia solidária por 10 anos e, há três anos, tem atuado na área de qualidade de vida no trabalho, com projetos voltados para os servidores em uma Autarquia Federal.

Referências

AFONSO, Maria Lúcia; ABADE, Flávia Lemos. Para reinventar as rodas: rodas de conversa em direitos humanos. Belo Horizonte: RECIMAM, 2008.

BRASIL. Portaria n. 1.261, de 5 de maio de 2010. Institui os princípios, diretrizes e ações em saúde mental que visam orientar os órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil – SIPEC da Administração Pública Federal sobre a saúde mental dos servidores. Brasília, DF: Secretaria de Recursos Humanos, Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, 2010.

______. Lei n. 8.842, de 4 de janeiro de 1994. Dispõe sobre a Política Nacional do Idoso, cria o Conselho Nacional do Idoso e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 5 jan. 1994.

BOTH, Tatiana. Lima. Jubilamento: o interdito de uma vida de trabalho e suas repercussões na velhice. 2004. 98 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social e Institucional) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2004.

BRUNS, Maria Alves de Toledo; ABREU, Antonio Suarez. O envelhecimento: encantos e desencantos da aposentadoria. Revista da ABOP, v. 1, n. 1, p. 5-33, 1997.

CARLOS, Sergio Antonio et al. Identidade, aposentadoria e terceira idade. Est. Interdiscipl. Envelhec., Porto Alegre, v. 1, p. 77-89, 1999.

CUDE, Roger L.; JABLIN, Frederic M. Retiring from work: the paradoxical impact of organizational commitment. Journal of Managerial Issues, v. 4, n. 1, 1992, p. 31-45.

DEJOURS, Cristophe. Entre o desespero e a esperança: como reencantar o trabalho? CULT, São Paulo, n. 139, p. 49-53, set. 2010.

______. Entre sofrimento e reapropriação: o sentido do trabalho. In: LANCMAN, Selma; Sznelwar, Laerte Idal (Org.). Christophe Dejours: da psicopatologia à psicodinâmica do trabalho. Rio de Janeiro: Fiocruz; Brasília, DF: Paralelo 15, 2004. p. 433-448.

______. A loucura do trabalho: estudo de psicopatologia do trabalho. Tradução de A.I. Paraguay; L.L. Ferreira. São Paulo: Cortez-Eboré. 1987, 168 p.

DUARTE, Camila Vianna; MELO-SILVA, Lucy Leal. Expectativas diante da aposentadoria: um estudo de acompanhamento em momento de transição. Revista Brasileira de Orientação Profissional, São Paulo, v. 10, n. 1, p. 45-54, jun. 2009.

FIGUEIREDO, Nara Cristina Macedo de. Interfaces do trabalho voluntário na aposentadoria. 2005. 170f. Dissertação. Mestrado em Psicologia Social e Institucional. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

FONSECA, Maria Aparecida Mose Ferreira da. A transição do servidor público para a aposentadoria: uma avaliação sobre preocupações do pré-aposentado. 2011. Dissertação (Mestrado Profissional em Avaliação) - Fundação Cesgranrio, Rio de Janeiro, RJ, 2011.

FRANÇA, Cristineide Leandro. Modelo de intervenção breve para planejamento da aposentadoria: desenvolvimento e avaliação. 2012. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultural) - Universidade de Brasília (UnB), Brasília, DF, 2012.

FRANÇA, Lucia Helena de Freitas Pinho. Influências sociais nas atitudes dos ‘Top’ executivos em face da aposentadoria: um estudo transcultural. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 13, n. 1, p. 17-35, jan./mar. 2009.

FRANÇA, Lucia Helena de Freitas Pinho et al. Aposentar-se ou continuar trabalhando? O que influencia essa decisão? Psicologia: ciência e profissão, Brasília, v. 33, n. 3, p. 548-563, 2013.

FRANÇA, Lucia Helena de Freitas Pinho; SOARES, Dulce Helena Penna. Preparação para a aposentadoria como parte da educação ao longo da vida. Psicologia: Ciência e Profissão. Brasília, v. 29, n. 4, p. 738-751, 2009.

LEANDRO-FRANÇA, Cristineide; MURTA, Sheila Giardini. Fatores de risco e proteção na adaptação à aposentadoria. Psicologia Argumento, Curitiba, v. 32, n. 76, p. 33-43, jan./mar. 2014 .

MÉLLO, Ricardo Pimentel et al. Construcionismo, práticas discursivas e possibilidades de pesquisa em psicologia social. Psicologia & Sociedade, Porto Alegre, v. 19, n. 3, p. 26-32, set./dez. 2007.

MENDES, Ana Magnólia Bezerra. Aspectos psicodinâmicos da relação homem-trabalho: as contribuições de C. Dejours. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, v. 15, n. 1-3, p. 34-38, 1995.

MORAGAS-MORAGAS, Ricardo. Gerontología Social: envejecimiento y calidad de vida. 2. ed. Barcelona: Herder, 1998. 304p.

PROCHASKA, James; DICLEMENTE, Carlo. Transtheoretical therapy: toward a more integrative model of change. Psychoterapy: teory, research, and practice, v. 19, p. 276-288, 1982.

SANTOS, Maria de Fátima de Souza. Identidade e aposentadoria. São Paulo: EPU, 1990, 80 p.

SELIG, Gabrielle Ana; VALORE, Luciana Albanese. Imagens da aposentadoria no discurso de pré-aposentados: subsídios para a orientação profissional. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, v. 13, n. 1, p. 73-87, 2010.

SOARES, Dulce Helena Penna et al. Aposenta-Ação: Programa de Preparação para Aposentadoria. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, v. 12, p. 143-161, 2007.

VARELLA, Maria das Graças Araújo. Significado do trabalho e aposentadoria: um estudo entre os docentes de uma instituição federal de ensino. 2013, 153 f. Dissertação (Mestrado em Administração Profissional) - Universidade Potiguar (UnP), Natal, RN, 2013.

ZANELLI, José Carlos; SILVA, Narbal. Programa de preparação para a aposentadoria. Florianópolis: Insular, 1996.

ZANELLI, José Carlos; SILVA, Narbal; SOARES, Dulce Helena Penna. Orientação para aposentadoria nas organizações de trabalho: construção de projetos para o pós-carreira. Porto Alegre: Artmed, 2010. 143 p.

Publicado
2017-07-31