Gênero e educação em contextos indígenas na Amazônia: as relações que constituem a produção identitária das mulheres professoras Arara-Karo do Estado de Rondônia

  • Maria Isabel Alonso Alves
  • Heitor Queiroz de Medeiros
Palavras-chave: gênero, sociedades indígenas, identidades/diferenças.

Resumo

Trata-se de reflexões sobre as relações de gênero presente na etnia Arara-Karo do Estado de Rondônia, onde buscamos abordar as questões de identidades/diferença na perspectiva dos estudos de prefixo pós (Pós-Estruturalista; Pós-Moderno; Estudos de Gênero; Estudos Culturais, Estudos Pós-Coloniais). São reflexões que têm o objetivo de tensionar as questões culturais produzidas no âmbito das sociedades indígenas, muitas vezes dadas como “naturais”, mas que podem ser ressignificadas no contexto cultural.

Referências

ALVES, Maria Isabel Alonso. Identidades indígenas: um olhar para o Curso de Licenciatura em Educação Básica Intercultural de Rondônia. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Rondônia – UNIR, Porto Velho, RO.

ANDRADE, S. S. A entrevista narrativa ressignificada nas pesquisas educacionais. In: MEYER, Dagmar Estermann; PARAÍSO, Marlucy Alves (Org.). Metodologias de pesquisas pós-críticas em educação. Belo Horizonte: Mazza, 2012.

BAUMAN, Zygmunt. Identidade. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.

BECK, D. B.; GUIZO, B. S. Estudos culturais e estudos de gênero: proposições e entrelaces às pesquisas educacionais. HOLOS, ano 29, v. 4. 2013.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2013.

DINIS, Nilson Fernandes. Educação, relações de gênero e diversidade sexual. Educ. Soc., Campinas, SP, v. 29, n. 103, p. 477-492, maio/ago. 2008. Disponível em: <http://www.cedes.unicamp.br> Acessado em: 3 nov. 2014. FELIPE, Jane. Relações de gênero: construindo feminilidades e masculinidades na cultura. In: XAVIER

FILHA, Constantina. Sexualidades, gênero e diferenças na educação das infâncias. Campo Grande, MS: Ed. UFMS, 2012. p. 217-226.

GABAS JUNIOR, Nilson. Povos indígenas no Brasil. ISA. 2004. Disponível em: <http://pib.socioambiental.org/ pt/povo/karo>. Acesso em: 20 abr. 2015.

HALL, Stuart. A identidade na pós-modernidade. 2. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 1998.

______. Da diáspora: identidades e mediações culturais. 1. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011.

______. Quem precisa da identidade? In: SILVA, Tomaz Tadeu da (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. 12. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

ISIDORO, Edinéia Aparecida. Situação sociolinguística do povo arara: uma história de luta e resistência. 2006. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal de Goiás - UFG, Goiânia.

LOURO, G. L. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.

MEYER, Dagmar Estermann. Abordagens pós- -estruturalistas de pesquisa na interface educação, saúde e gênero: perspectiva metodológica. In: MEYER, Dagmar Estermann; PARAÍSO, Marlucy Alves (Org.). Metodologias de pesquisas pós-críticas em educação. Belo Horizonte: Mazza, 2012.

MEYER, Dagmar Estermann. Gênero e educação: teoria e política. In: LOURO, G. L.; FELIPE, J.; GOELLNER, S. V. (Org.). Corpo, gênero e sexualidade: um debate contemporâneo na educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

OLESEN, Virgínia. Os feminismos e a pesquisa qualitativa neste novo milênio. In: DENZIN, Norman. O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. Porto Alegre, RS: Artmed, 2006.

PARAÍSO, Marlucy Alves. Metodologias de pesquisas pós-críticas em educação e currículo: trajetórias, pressupostos, procedimentos e estratégias analíticas. In: MEYER, Dagmar Estermann; PARAÍSO, Marlucy Alves (Org.). Metodologias de pesquisas pós-críticas em educação. Belo Horizonte: Mazza, 2012.

SANTOS, Júlia Otero dos. Ritual, “cultura” e transformação: a festa do jacaré entre os Arara de Rondônia. In: CUNHA, Manuela Carneiro da; CESARINO, Pedro de Niermeyer (Org.). Políticas culturais e povos indígenas. 1. ed. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2014. p. 135-163.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Currículo e identidade social: territórios contestados. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (Org.). Alienígenas na sala de aula: uma introdução aos estudos culturais e educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 1995.

SKLIAR, Carlos. Pedagogia (improvável) da diferença: se o outro não estivesse aí? Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma questão conceitual. In: SILVA, Tomaz T. (Org.). Identidade e diferença. A perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

Publicado
2016-06-02