Abastecimento de água, esgotamento doméstico e aspectos de saúde em comunidades Quilombolas no Estado de Mato Grosso do Sul

  • Fernando Jorge Correa Magalhães Filho Universidade Católica Dom Bosco
  • Paula Loureiro Paulo Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Palavras-chave: saneamento básico, saneamento sustentável, tomada de decisão, educação sanitária e ambiental, esgoto.

Resumo

Com o objetivo de dar subsídios à elaboração de planos, projetos, programas e ações com foco no reúso da água e dos nutrientes, foi realizada a pesquisa de campo com aplicação de questionários nas comunidades quilombolas do estado de Mato Grosso do Sul, considerando aspectos socioeconômicos, condições de habitação, abastecimento de água, esgotamento doméstico e saúde. Os resultados indicaram que as comunidades são suficientemente estruturadas para tomarem decisões em questões de saneamento, o que irá permitir que escolham tecnologias mais sustentáveis, além da difusão da educação sanitária e ambiental.

Biografia do Autor

Fernando Jorge Correa Magalhães Filho, Universidade Católica Dom Bosco
Professor pela Universidade Católica Dom Bosco. Mestre e Doutorando em Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.
Paula Loureiro Paulo, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Professora pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Pós-Doutorado em Tecnologias Ambientais e Doutora em Ciências Ambientais pela Wagening University and Research Centre. Mestre em Saúde Pública pela University of Leeds.

Referências

AMORIM, M. M.; TOMAZI, L.; SILVA, R. A. A.; GESTINARI, R. S.; FIGUEIREDO, T. B. Avaliação das condições habitacionais e de saúde da Comunidade Quilombola Boqueirão, Bahia. Bioscience Journal, Uberlândia, MG, v. 29, n. 4, p. 1049-57, jul./ago. 2013.

ARAÚJO, M. A. R.; SANTANA, M. C.; AZEVEDO FILHO, R. D. Diagnóstico sócio-sanitário do quilombola Serra do Osso Pesqueira - Pernambuco. 2009. Monografia (Especialização em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde) - Departamento de Saúde Coletiva, Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, Recife, PE, 2009.

ARNOLD, M.; VANDERSLICE, J. A.; TAYLOR, B.; BENSON, S.; ALLEN, S.; JOHNSON, M.; KIEFER, J.; BOAKYE, I.; ARHINN, B.; CROOKSTON, B.T.; ANSONG, D. Drinking water quality and source reliability in rural Ashanti region, Ghana. Journal of Water and Health, v. 11, n. 1, p. 161-172, mar. 2013.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). Tanques sépticos - Unidades de tratamento complementar e disposição final dos efluentes líquidos - Projeto, construção e operação: NBR 13969. Rio de Janeiro, set. 1997. 58p.

______. Projeto, construção e operação de sistemas de tanques sépticos: NBR 7229/93. Rio de Janeiro, set. 1993. 15p.

BARRINGTON, D.; FULLER, K.; MCMILLAN, A. Water safety planning: adapting the existing approach to community-managed systems in rural Nepal. Journal of Water Sanitation and Hygiene for Development, v. 3, n. 3, p. 392-401, 2013.

BRASIL. Presidência da República. Decreto n. 4.887 de 20 de novembro de 2003. Regulamenta o procedimento para identificação, reconhecimento, delimitação, demarcação e titulação das terras ocupadas por remanescentes das comunidades dos quilombos de que trata o Art. 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. Brasília: Presidência da República. 2003. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2003/D4887.htm>. Acesso em: 20 ago. 2016.

CORDEIRO, M. M.; MONEGO, E. T.; MARTINS, K. A. Overweight in Goiás' quilombola students and food insecurity in their families. Revista de Nutrição, v. 27, n. 4, p. 405-412, jul./ago. 2014.

COSTA, S. S., HELLER, L., BRANDÃO, C. C. S., COLSIMO, E. A. Indicadores epidemiológicos aplicáveis a estudos sobre a associação entre saneamento e saúde de base municipal. Engenharia Sanitária e Ambiental, Rio de Janeiro, v. 10, n. 2, p. 119-127, abr./jun. 2005.

DAMAZIO, S. M.; LIMA, M. S.; SOARES, A. R.; SOUZA, M. A. A. Intestinal parasites in a quilombola community of the Northern State of Espírito Santo, Brazil. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, v. 55, n. 3, p. 179-183, maio/jun. 2013.

FERREIRA, E. P.; FERREIRA, J. T. P.; PANTALEÃO, F. S.; FERREIRA, Y. P.; ALBUQUERQUE, K. N.; FERREIRA, T. C. Abastecimento de água para consumo humano em comunidades quilombolas no município de Santana do Mundaú - AL. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 7, n. 6, p. 1119-1125, 2014.

FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES (FCP). [s.d.]. Disponível em: <http://www.palmares.gov.br/quilombola>. Acesso em: 30 jul. 2016.

HELLER, L. Relação entre saúde e saneamento na perspectiva do desenvolvimento. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p. 73-84, 1998.

KAYSER, G. L.; MORIARTY, P.; FONSECA, C.; BARTRAM, J. Domestic water service delivery indicators and frameworks for monitoring, evaluation, policy and planning: a review. International Journal of Environmental Research and Public Health , v. 10, n. 10, p. 4812-4835, out. 2013.

MONTGOMERY, M. A.; ELIMELECH, M. Water and Sanitation in Developing Countries: Including Health in the Equation. Environmental Science and Technology, v. 41, n. 1, p. 17-24, jan. 2007.

PHASWANA-MAFUYA, N. Health aspects of sanitation among Eastern Cape (EC) rural communities, South Africa. Curationis, v. 29, n. 2, p. 41-7, maio 2006.

PLESS, N. M.; APPEL, J. In pursuit of dignity and social justice: changing lives through 100 % inclusion-how gram vikas fosters sustainable rural development. Journal of Business Ethics, v. 111, n. 3, p. 389-411, dez. 2012.

RHEINLÄNDER, T.; SAMUELSEN, H.; DALSGAARD, A.; KONRADSEN, F. Hygiene and sanitation among ethnic minorities in Northern Vietnam: does government promotion match community priorities? Social Science and Medicine, v. 71, n. 5, p. 994-1001, 2010.

ROMA, E.; JEFFREY, P. Using a diagnostic tool to evaluate the longevity of urban community sanitation systems: a case study from Indonesia. Environment, Development and Sustainability, v. 13, n. 4, p. 807-820, ago. 2011.

SANTOS, V. C.; BOERY, E. N.; BOERY, R. N. S. de O.; ANJOS, K. F. Conditions of health and quality of life of the quilombola elderly black. Journal of Nursing, Recife, v. 8, n. 8, p. 2603-2610, ago. 2014.

SILVA J. A. N. Condições sanitárias e de saúde em Caiana dos Crioulos, uma comunidade Quilombola do Estado da Paraíba. Saúde e Sociedade, v. 16, n. 2, p. 111-24, ago. 2007.

SOUZA, C. M. N.; FREITAS, C. M. A produção científica sobre saneamento: uma análise na perspectiva da promoção da saúde e da prevenção de doenças. Engenharia Sanitária E Ambiental, v. 15, n. 1, p. 65-74, jan./mar. 2010.

TEIXEIRA, J. C.; HELLER, L. Fatores ambientais associados à diarréia infantil em áreas de assentamento subnormal em Juiz de Fora, Minas Gerais. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, Recife, v. 5, n. 4, p. 449-455, out./dez. 2005.

YUSUF, M.; ZAKIR HUSSAIN, A. M. Sanitation in rural communities in Bangladesh. Bulletin of the World Health Organization, v. 68, n. 5, p. 619-624, 1990.

Publicado
2017-05-30